Maringá, 08 de Abril de 2020
OdontoAtual Della Pizza
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

INVESTIR PARA ADQUIRIR MAIS CONHECIMENTO PAGA OS MELHORES JUROS.

LOIRAS...
Uma loura de fechar o comércio, com um corpo escultural, entra num cassino, compra dez mil dólares em fichas e se dirige para a mesa de roleta.
Imediatamente arrumam um lugar privilegiado prá ela.
Ela coloca todas as fichas num único numero.
Antes que os dois crupiês façam a roleta girar, a loira começa a se despir.
- vocês me perdoem: mas eu só jogo completamente nua. Dá-me sorte.
Todos ficam olhando aquele mulherão, ainda mais sensacional, completamente nua.
A roleta é girada.  Quando pára a bolinha, ela vai juntando todas as fichas e começa a gritar: ganhei, ganhei, ganhei...
Enquanto ela se veste novamente e sai carregando aquela enorme fortuna em fichas um dos crupiês diz ao outro: qual número ela apostou?
- não sei, pensei que você estivesse olhando...  

MEMORIAS DE UM BOM SUJEITO
Ela é pioneira das mais atuantes na cidade.
Seu pai, o deputado Rivadavia Vargas, foi o autor da lei que, em 1951 criou o município de Maringá. Sua vinda para a cidade foi para acompanhar o marido, Diógenes Pinto, que veio para instalar um dos primeiros cartórios da nova comarca, criada em 1952.
Dona Cenita sempre foi uma mulher atuante, dedicada, companheira.
Quando ingressei no Lions, em 1968, o Diógenes era o presidente. Dona Cenita, primeira dama.  Foram ótimos em tudo.  Ela sensacional na condução das domadoras e no trabalho voluntário que o clube prestava na APAE e na orientação aos jovens.
Foi naquela gestão que nasceu a Guarda Mirim, uma das entidades mais importantes que a cidade já teve no encaminhamento de jovens, aos estudos e ao trabalho e que terminou graças a uma infeliz lei – das muitas que nosso congresso continua fazendo – que impediu o trabalho de menores.
Quando em 1975 assumi a governadoria do Lions, o Diógenes Pinto foi um dos mais importantes colaboradores que tive. Dona Cenita sempre junto. Sempre atuante.  Sempre surpreendente no elogio e comedida na critica.
Quando em 1982 fui candidato a prefeito, senti de perto, de novo, a sua grandiosidade de alma, o seu contundente amor ao próximo. Como ela me ajudou na campanha, com conselhos, com palavras amigas, com orações.
Na época ela já fundava a sua própria igreja.  Funcionava num pequeno local nos fundos da sua casa.  Dali evoluiu para um local maior. Finalmente chegou a maior e mais importante igreja evangélica de Maringá: a Comunidade Evangélica, localizada na Avenida Itororó.
Essa construção um capitulo à parte.
Criando os próprios filhos com muito amor, criou também, filhos adotivos. Um deles, o Valtermino, casou-se com a Irene Ribaroli.  Alcides Parizoto, um homem de enorme valor, empreendedor e vencedor, saiu de uma pequena venda de queijos para tornar-se m dos maiores empresários do país. O Alcides casou-se com Sidney Ribaroli, cunhada do Valtermino. Tornaram-se todos, por influencia da dona Cenita, evangélicos.
A construção da igreja Comunidade Evangélica em Maringá, foi um presente do Alcides para dona Cenita. Para a cidade eu diria.
Apesar da idade avançada, Dona Cenita Vargas Pinto, continua sendo uma mulher atuante, vibrante, envolvente.  Sempre com Deus em primeiro lugar ela é um exemplo de vida, de honestidade, de coerência, de gente muito gente, que transmite confiança, segurança e respeito.
Uma mulher de valor.  Uma serva de Deus em todos os sentidos.

SABIDO É O TRAFICANTE: NÃO USA A DROGA QUE VENDE.

É DE ASSUSTAR...
Isso mesmo: é de assustar o numero de pedintes, de crianças abandonadas, de fumantes de crack, de meninas prostitutas, circulando nas ruas da cidade. Em todas as esquinas tem sempre algum pedinte profissional, uma criança esmolando, uma prostituta se oferecendo.
É de assustar o numero de vendedores de CDs piratas, de frutas, de bugigangas, de toda sorte de coisas, em todas as calçadas do centro.
É de assustar o numero de assaltos, de pequenos furtos, de grandes roubos, de mortes. Mais de cem ocorrências por dia.
É de assustar a quantidade de infrações cometidas por comerciantes em pleno centro, atravancando calçadas com bancas irregulares, com placas que impedem o transito das pessoas, com calçadas cheias de buracos.
É de assustar o numero de veículos que estacionam irregularmente em filas duplas, em faixas proibidas, em cima de calçadas.
É de assustar a quantidade de arvores que morre e não são repostas. Não existe uma única quadra onde não falte pelo menos duas.
Mas o que mais me assusta é a falta de providencias das autoridades competentes. Não se vê a presença do governo coibindo os abusos. Todos estão jogados à própria sorte.

UM BOM SUJEITO
Vitima de uma infarto fulminante morreu o dr. José Ferreira de Oliveira. Foi delegado da Policia Federal e colaborador do prefeito Silvio Barros como diretor da Secretaria de Controle Interno.  Trabalhei com o Ferreira enquanto lá estive.  Convivi com o Ferreira semanalmente na Sauna Samuara.  Caminhei com o Ferreira, quando ele aparecia, ao redor do Parque dos Pioneiros.  Era um bom sujeito.  Sempre de moral alevantada, sempre correto no procedimento, sempre alegre e com uma palavra amiga para os mais novos. Seu sepultamento foi um exemplo disso: seus companheiros da PF, todos, choraram e muito ao levarem o caixão para a sua ultima morada.
Foi-se um bom sujeito. Desses que a gente sente em perder. Desses que marcam a vida pelo que fazem de bom e de correto.

QUEM USA DROGA SÓ TEM UM FIM CERTO: CADEIA OU CEMITERIO.

CONCEITOS DE VIDA
1. viva uma vida boa e honesta. Assim, quando estiver velho e lembrar o passado, terás como desfrutar tudo pela segunda vez.
2. confie em Deus, mas feche bem seu carro.
3. quando estiver em desacordo com alguém muito querido, procure resolver a pendência de uma vez, sem ressentimento.
4. não remexa no passado. O mundo caminha prá frente.
5. reparta seus conhecimentos.  É uma maneira de alcançar a imortalidade.

A VIDA SÓ É UMA DROGA PARA QUEM SE DROGA.
O ministro Carlos Minc participou e apoiou a Marcha da Maconha realizada no Rio de Janeiro, na semana que passou.
Um belíssimo exemplo de irresponsabilidade de alguém que deveria ser exemplo de homem responsável. Esse ministério do Lula é igualzinho ao chefe: um belo exemplo de como deseducar aos jovens do nosso país.

SEM LIMITES...
A postura irresponsável dos políticos em todos os níveis está fazendo com que a gente desacredite cada vez mais nos destinos do Brasil.  Um deputado federal diz que está se lixando para o que pensa o povo.  Nada acontece.  Um deputado estadual com carteira cassada e em altíssima velocidade, mata dois jovens inocentes, num acidente fatal.
Nos dois casos, o mínimo que se poderia esperar das nossas casas de leis, seria a cassação sumária dos mandatos de ambos, por falta de decoro parlamentar.
Mas como esperar isso de parceiros que usam dinheiro do povo para levar a família passearem pelo mundo, para pagar parentes que não trabalham, para sustentar mordomias, para fazer toda sorte de falcatruas licitas?

O QUE ALIMENTA O TRÁFICO É A LENIÊNCIA DOS QUE PERMITEM O USO DE DROGAS NA PROPRIA FAMILIA. PENSE NISSO.

MEXEU EM VESPEIRO
O desgoverno do PT ávido em arrecadar mais dinheiro para sustentar seus aliados no governo e dar mais força para o MST e ONGs encarregadas de viabilizar Dilma como candidata, vai mexer na caderneta de poupança.
A justificativa é esdrúxula. Como o próprio desgoverno do Lula.
Claro que a mudança vai passar no congresso, subserviente e de joelhos, diante do “cara” que faz o que quer, arrecada quanto quer, mexe no que quer desde que, reparta com a cambada que o apóia e lhe dá sustentação política.
Estamos chegando ao limite. Não dá mais para ficar calado.
É hora de as forças vivas se manifestarem.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


Rebote - Cláudio Viola
Rebote - Cláudio Viola
PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato