Maringá, 08 de Abril de 2020
OdontoAtual Della Pizza
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 


NÃO TENTE IMPROVISAR PARA O FUTURO. INOVE NO PRESENTE.

MEMÓRIAS DE UM BOM SUJEITO
Quando João Paulino era prefeito Maringá  tinha time de futebol. Dos bons. Campeão estadual. Alias só foi campeão com ele prefeito. Impunha respeito aos adversários. A cidade era respeitada no esporte estadual e ate nacional. Bicampeão estadual em 63 e 64 possuía um time sempre competitivo e respeitado.
Em 1965, Jangada, um crioulo espigado, sorridente, gente boa demais, veio para jogar no Grêmio. Era quarto zagueiro. Como estava em fim de carreira, a sua vida como atleta durou pouco na cidade.  Mas como era um cara sensacional, fez amizade com todo mundo.
Acabou como contratado da rádio Cultura, onde eu era o gerente.  Jangada, dono de um talento especial como cantor, sambista e ate compositor, fazia um sucesso enorme na gravação de comerciais para os anunciantes da emissora.
O José Sanches Filho, que comandava o departamento comercial, usava e abusava do Jangada.
Na eleição de 1966 Jangada produziu um comercial para o dr. Nabi Zacarias que ficou na historia.  Acho que foi um dos melhores comerciais já feitos para um candidato.  O Nabi era da Arena. Não se elegeu, mas conseguiu inscrever o negão como membro do partido. Seu grande erro.
Em 1968, Jangada continuava fazendo enorme sucesso como ajudante de pista nas transmissões de futebol e, principalmente, como produtor de jingles. Bem cantados e bem feitos.  Veio a eleição municipal daquele ano.  Convenceram o negão de que deveria ser candidato a vereador por uma sublegenda da Arena.
Aceitou contra a vontade dos companheiros da Cultura.
Embora fosse um boêmio inveterado, tinha uma vida estável em família. Era casado com uma loura bonita e que o respeitava.
Veio o pleito. Fez um único voto como candidato a vereador.
Uma desilusão inconsolável.  O negão chegou a chorar copiosamente. Não se conformava de jeito nenhum.  Era uma enorme traição da família, dos amigos, dos companheiros de emissora.  Ninguém votou nele.  Estavam compromissados com  a eleição do Nhô Juca. O que aconteceu.
Nada confortava o Jangada. Era muita ingratidão.  Nem a mulher votou nele. Nem o Roderley ou outros jogadores, seus amigos de tantos anos.
Tomou uma decisão radical:  deu uma surra na mulher, xingou os amigos e companheiros, chamou todo mundo pra briga. Como ninguém topou, foi embora.  Nunca mais voltou a Maringá.  E se o fez, nunca procurou a ninguém. Um único voto acabou com uma carreira que era promissora.  Mas o Jangada foi, ou ainda é, um bom sujeito.  Desses que  marcaram época na historia de Maringá.

A VIDA SÓ E UMA DROGA PARA O DROGADO

MEIO AMBIENTE
O que mais se fala no Brasil hoje é proteção ao meio ambiente.  Ate fumante inveterado que polui mais que qualquer queimada na Amazônia, blasfema e vocifera contra desmatamento.  A histeria e´ coletiva.
Uma frase é dita por todos: que mundo vamos deixar para nossos filhos...
Ninguém pergunta: que filhos vamos deixar para o mundo...
Será que existe alguém preocupado com isso...
Vale a pena refletir...

DROGA E DIREÇÃO MATAM

ALOPRADO MESMO
O ministro do Meio Ambiente e um cara aloprado. Desses que o Luizinho classifica como tal.  Aloprado deve ser um sujeito que não tem cabeça no lugar e não sabe pensar. Age por impulso. Ou por instinto.
A julgar pelas atitudes do aloprado Minc,  deveria ter sido demitido há muito tempo.   Só fala besteira e ainda por cima apóia e participa de festa em favor da maconha.  Agora mexe em vespeiro ao chamar de forma irresponsável aos produtores rurais de bandidos. A permanência dele no Ministério do Meio Ambiente só ajuda a derrubar os índices que o Luizinho mantem altíssimo à custa da dinheirama pública que irriga os meios de comunicação.

O VICIADO ALIMENTA O MUNDO CRIMINOSO DAS DROGAS

O PONTO G
Vejo com frequência muita gente preocupada em saber onde esta o ponto G na mulher.  Pela experiência de mais de setenta anos de vida – bem vivida – posso garantir que ele existe.
O ponto G esta na sua voz, no seu sorriso, no seu tato, na sua delicadeza, na sua forma de tratar uma mulher. 
Você atinge aquele ponto com palavras carinhosas, com um jantar romântico, com um amasso delicado, com uma gentileza ao abrir a porta do carro, ao puxar a cadeira na hora da refeição, ao dizer que ela esta bonita, que você a ama muito, que ela e sua vida. O ponto G e conseqüência de uma serie de fatores, todos eles ligados na sua conduta como homem e como amante.
Vá dançar, leve-a a um jantar, faça um passeio para um lugar que ainda não conhece, pelo menos duas vezes por ano.
Mulher gosta de presentes, de carinho, de sentir-se necessária, de sentir-se linda, de ser amada com delicadeza.
Faça isso e vai ver que o ponto G existe em todas elas.
E como existe...

NÃO USE DROGA: VIVA A VIDA

POLÍTICOS...
Está circulando pela internet um e-mail interessante: se pede que nenhum dos políticos que tem mandato, seja reeleito. Em qualquer cargo. Sabe: acho uma boa.  A gente está votando sempre nos mesmos e a coisa só piora.  A maioria virou político profissional. Faz apenas política.  Em todos os níveis.  Vereadores, secretários municipais, deputados estaduais e federais, senadores e vai por aí.  A profissão de cada um é ser político.
Basta ver em nossa cidade.  Tem secretários que nunca trabalharam. Tem vereadores que nunca fizeram nada na vida.  Só política. Vivem da política e pela política. E quem só faz isso, faz melhor - política - que os abnegados que entram imbuídos de uma vontade real de fazer o bem pelo povo.   
Veja como exemplo a nossa cidade.
A maioria dos vereadores é profissional da política.
Faz isso a vida inteira.  Vive política dia e noite.   Precisa da política para sobreviver. Não sabem viver sem fazer política.
Dos não profissionais que se elegem, poucos têm vigor e competência para agir por conta própria. São levados pela maioria profissional e atuante.
Essa maioria precisa de empregar seus assessores que também não sabem fazer outra coisa que não seja política. Como seus chefes, esses assessores vivem do poder e do dinheiro que o poder proporciona.
E os políticos profissionais, que não sabem fazer outra coisa na vida, precisam desses outros profissionais agregados e que vivem de fazer política.
Por isso a reforma aprovada na câmara esta absolutamente correta.
Os nobres vereadores legislaram em beneficio próprio. Como sempre.

O CIGARRO É UMA DROGA QUE MATA MAIS QUE REVÓLVER

SER OU NÃO SER
O Divanir Braz Palma, está numa sinuca de bico: ser ou não ser candidato a deputado estadual.  Ele não é político profissional. Gosta de política e das luzes que a ribalta do cargo proporciona. Já ocupou uma cadeira no Legislativo municipal e outra no estadual.  Não disputou reeleição. Agora está pressionado pelo PPS - onde exerce liderança - a candidatar-se.  Os amigos que o cercam estão divididos. A maioria acha que ele não deve ser candidato. Não precisa disso.  Outros entendem que é necessária a participação de gente como ele. Afinal a cadeira nunca fica vazia.  Se os bons não disputam, os maus se aboletam do cargo. Os mesmos se reelegem sempre.

VIVA SIMPLESMENTE, AME GENEROSAMENTE, IMPORTE-SE PROFUNDAMENTE, FALE GENTILMENTE.  DEIXE O RESTO PARA DEUS.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


Rebote - Cláudio Viola
Rebote - Cláudio Viola
PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato