Maringá, 18 de Dezembro de 2017
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
23.09.2017
Dallagnol destaca vitórias no Meio Ambiente
Na última terça-feira (19) a Prefeitura de Maringá promoveu solenidade para empossar o presidente do Partido Verde (PV) municipal, Ederlei Alkamin, frente à Secretaria de Meio Ambiente e Bem-estar Animal (Sema), e da administradora Marta Kaiser, na Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc).

As modificações foram anunciadas pelo prefeito Ulisses Maia (PDT) após o então secretário da Sema, Jaime Dallagnol, sair da liderança da pasta. Na diretoria de Bem-Estar, Mariana Granjeia também não ocupa mais o cargo, substituída pelo servidor público Marco Antônio de Azevedo.

Em conversa com Dallagnol, o agora ex-secretário destaca medidas positivas ao longo dos oito meses na gestão, conquistas para a Cidade a partir da união entre Legislativo e Executivo e diversos colocados em prática entre fevereiro e setembro deste ano. Além das medidas que saíram do papel, diversas iniciativas em fase de elaboração e que devem ser implementadas nos próximos meses também são motivo de comemoração para o engenheiro agrônomo.

Animais
No dia 17 de janeiro, primeiro mês da nova administração municipal, Maia e o vice-prefeito, Edson Scabora, promoveram a apresentação de Jaime Dallagnol para os servidores da pasta. Com a tomada de posse e início dos trabalhos em fevereiro, a secretaria de Meio Ambiente passou por uma significativa mudança na antiga estruturação. De início, ainda como parte das propostas defendidas pelo prefeito, a direção de Bem-Estar Animal foi anexada à pasta. Desde então, com amplo apoio de Organizações Não-Governamentais (ONG’s) de defesa dos animais, o número de iniciativas em prol dos bichos, com donos ou de rua, aumentou em comparação ao mesmo período de 2016.

Sob maior responsabilidade de Mariana Granjeia, a direção de Bem-Estar ganhou uma sede própria, nas dependências do Parque do Ingá, uma viatura para acompanhamento de situações de maus tratos em toda a Cidade, entre outras situações. Considerada por Dallagnol como uma das grandes vitórias de Maringá neste ano, a Prefeitura pode promover, em parceria do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), mais de 2 mil castrações de cães e gatos. No ano passado, entre janeiro e dezembro, o número de procedimentos chegou a 258. Segundo o ex-secretário, provavelmente amanhã (25), uma nova licitação para castração de mais 3 mil animais até o final do ano será aberta pela administração.

Juntamente da implementação da diretoria, Jaime também destaca outros projetos menos visíveis à população, entretanto, considerados como pelo engenheiro como essenciais para o desenvolvimento do município. De início, a Sema chegou a aproximadamente 100 profissionais sem a necessidade de contratação de cargos comissionados, com exceção dos diretores e do próprio secretário, somente com o remanejamento dentro da própria Prefeitura.

A partir do aumento do número de pessoas capacitadas para os respectivos cargos e disposição de recursos, o trabalho pode ser feito de acordo com as possibilidades do cronograma.

Horto Florestal
Segundo Dallagnol, desde o dia 1º de fevereiro, foi procurado agrônomo Mauro Rosseto, integrante da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), como forma de resolver o impasse entre a empresa e a Prefeitura. Fechado há 14 anos, a situação do Horto Florestal apresentou o maior avanço desde a decisão da justiça, em 2003, que orientou a proibição das atividades no local. Por meio da interferência do ex-secretário, reuniões entre os lados foram realizadas e, pela primeira vez desde o início da polêmica a possibilidade de reabertura do parque passou a ser vista como uma chance real de acontecer ainda neste ano.

“Conseguimos conversar com diversos diretores da Companhia, fomos a São Paulo conversar diretamente e explicar os nossos objetivos. Nos últimos dias, diretores vieram para Maringá com uma proposta de compra de um terreno deles, com cláusula de reversão. A administração e a própria CMNP estão avaliando o terreno e com o valor apurado será discutida a forma de pagamento. Com isto, o Horto deve vir para o município”, explica. Para o ex-secretário, apesar de não existir prazo concreto, as discussões estão em ritmo avançado e em breve a população maringaense terá, mais uma vez, acesso ao interior da área de preservação ambiental.

Plano de Resíduos
Uma das propostas defendidas durante a campanha por parte de Ulisses Maia se deu a questão da coleta de resíduos em Maringá. Para que o plano de municipalização do serviço fosse colocado em prática o município precisava da criação e implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Além do Meio Ambiente, diversas pastas e entidades se mobilizaram em prol da iniciativa. Por conta da ausência do documento, a licitação para o aterro sanitário foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), entretanto, não houve atraso para a reestatização da coleta.

“Nós fizemos o Plano, com diversas associações, como a de Engenheiros Agrônomos, o Condema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), a igreja, a Universidade Estadual de Maringá (UEM), e entregamos ele pronto para o Ulisses, que envio à Câmara. No tempo certo ele foi aprovado. É uma grande conquista. Fui o presidente da comissão que culminou nesta aprovação do Plano de Resíduos Sólidos”. Desde o dia 1º de agosto a frota municipalizada e com servidores da Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) realiza o recolhimento e destinação de centenas de toneladas de lixo orgânico e reciclável todos os dias e em todos os bairros de Maringá, no processo que promete economizar até R$ 15 milhões por ano, em comparação ao modelo gerido pela iniciativa privada.

Portão 2
Destacada por Dallagnol como uma iniciativa importante para os maringaenses, especialmente para os moradores da Vila Operária, a reabertura do Portão 2 do Parque do Ingá é tido como um exemplo pelo ex-secretário de como medidas simples, baratas e efetivas podem ser tomadas mediante vontade de transformar a Cidade. “Isso era uma demanda que tinha já fazia muito tempo. O pessoal da Vila Operária tinha que dar a volta lá na frente para poder entrar no Parque. Isso era um absurdo. Tivemos que fazer o conserto daquela passarela. Junto da Semusp, com o Vagner de Oliveira, consertamos, pintamos e aí foi feita a reinauguração do portão. Lá hoje passa aproximadamente 30% a mais de pessoas no Parque do Ingá por causa dessa medida”, afirma. Em levantamento feito pela Prefeitura após a abertura, em 10 dias foram registradas mais de 24 mil pessoas no local.

Aeradores
Desconhecida para quase a totalidade da população, a situação dos lagos do Parque do Ingá e do Parque Alfredo Nyffeler, conhecido popularmente como Buracão, não era das melhores nos últimos anos em virtude de problemas com a oxigenação da água. A partir de conversa com servidores, Dallagnol desenvolveu o projeto de instalação de aeradores contra a proliferação de algas e a morte de peixes. De forma emergencial, cinco bombas para aeração, cedidas pela Semusp, foram cedidas e colocadas no Parque do Ingá.

Em fase avançada e que terá continuidade pelo novo secretário da pasta, a proposta de adquirir aeradores e fontes luminosas para ambos os parques deverá ser colocada em prática até dezembro deste ano.

Meio Ambiente
Jaime salienta que além das iniciativas que saíram do papel em menos de oito meses, propostas elaboradas e que vão ser colocadas em prática até o final deste ano como a elaboração e revisão do Plano de Arborização de Maringá, a reforma da sede da Associação de Defesa e Educação Ambiental de Maringá (Adeam), reforma da área de lazer no Parque Borba Gato e a implantação do Parque das Aves e do Parque Linear na Campolina. Com confiança no futuro da Secretaria, Dallagnol afirma que o Condema, por decisão unânime dos membros, disponibilizam a partir de agora o uso do Fundo do Meio Ambiente para a Sema no valor de R$ 4,3 milhões, fator que viabiliza todos os projetos presentes no cronograma.

Por fim, Jaime Dallagnol considera a experiência deste ano como positiva, agradeceu a possibilidade de trabalhar novamente a favor de Maringá e cumprimenta os parceiros ao longo dos oito meses. “A todos os Engenheiros Agrônomos e os demais técnicos que conosco conviveram,participaram, colaboraram, podem ter a certeza que fiz o possível para bem representá-los, com lisura, decência e capacidade profissional. Agradecimento a todos os membros do Condema e em especial à Associação Maringaense de Engenheiros Agrônomos (Amea) que valoriza e luta pelos direitos dos seus profissionais. A todos os Secretários(as) Diretores(as) e demais Servidores, que junto conosco desfrutaram da alegria de poder ser instrumentos da Comunidade que espera do servidor o cumprimento de suas obrigações, a nossa gratidão. Ao Prefeito e Vice, sucesso. Mais uma vez, o agradecimento à toda equipe da Sema, em especial ao grande profissional Plínio, e outros que permaneceram, que juntos ajudaram a realizar o trabalho , digo que as lágrimas que juntos derramamos e as alegrias que compartilhamos,possam ficar no coração de cada um. Fizemos grande amigos. Espero poder cultivá-los”, finaliza.

Matheus Gomes
Foto - Cary Bertazzoni
 
16.12.2017
Centro de Especialidades
16.12.2017
Governo reduz horário de verão para 2018
16.12.2017
PV não tem legitimidade para pedir cassação de Marchese
16.12.2017
André Bovo é eleito presidente da Amusep
15.12.2017
Ronaldinho Gaúcho quer disputar eleições
15.12.2017
Estados Unidos acaba com neutralidade de rede na internet do país
15.12.2017
Solicitação de Passe do Estudante é liberada
15.12.2017
Regulamentação de mercados fica para 2018
14.12.2017
Ex de Viviane Araújo pede R$ 500 mil de pensão
14.12.2017
Flamengo fica só no cheiro de novo
14.12.2017
Orçamento de 2018 tem previsão de gastos de R$ 3,57 trilhões
14.12.2017
PC cumpre mandados na casa de suspeitos por furto e agressão
14.12.2017
Maringá ganha primeira Farmácia Móvel do PR
13.12.2017
Conseg intermedia repasse de R$ 75 mil do MPT ao Denarc
13.12.2017
Grêmio na final do Mundial de Clubes
13.12.2017
Criança de dois anos é internada após colocar pedra de crack na boca
13.12.2017
Dois terremotos atingem o Irã
13.12.2017
Câmara aprova subsídio para empresa
12.12.2017
Caio Blat e Luisa Arraes juntos
12.12.2017
MP investiga Terminal Intermodal
12.12.2017
Comércio de rua funciona até às 22 horas
12.12.2017
BC sinaliza que pode fazer novo corte na taxa de juros
12.12.2017
Jovem é espancado na Praça da Catedral
12.12.2017
Vestibular de Verão da UEM registra 17% de ausentes
11.12.2017
Atletas que deram a volta por cima em 2017
11.12.2017
Jovem é morto por dívida de R$ 100
11.12.2017
Morre no Rio de Janeiro a atriz Eva Todor
11.12.2017
Nível de infestação da dengue sobre em Maringá
11.12.2017
Índices apontam melhora da economia
11.12.2017
Agência do Trabalhador tem 106 vagas de emprego
07.12.2017
Polícia prende rapaz por tentativa de homicídio
07.12.2017
Flamengo perde fora de casa
07.12.2017
Copom reduz juros básicos para 7% ao ano
07.12.2017
IPTU terá reajuste de 2,77%
07.12.2017
MP decide pela continuação da Comissão Processante
05.12.2017
Indústria cresce 5,3% em outubro
05.12.2017
Ritmo de obras na UEM é normalizado
05.12.2017
Câmara discute abertura do comércio aos domingos
05.12.2017
Comunidade Apoio à Vida inaugura Farmácia do Trabalhador
04.12.2017
Mulher apanha do marido e é internada na UTI
04.12.2017
Zé Aldo perde revanche para Holloway
04.12.2017
Aumenta projeção para crescimento da economia
04.12.2017
Paranaense: Afinal que tabela é essa?
04.12.2017
Agência tem vagas de emprego
04.12.2017
Escola Sem Partido é debatido na Câmara
02.12.2017
Suspeitos de terem praticado homicídio são presos
02.12.2017
Veja os grupos para a Copa da Rússia
02.12.2017
Gilmar Mendes manda soltar empresário pela terceira vez
02.12.2017
Prefeitura busca a posse do Cine Plaza
01.12.2017
CP contra Marchese
01.12.2017
Farmácia Popular em Maringá é fechada
01.12.2017
Flamengo na final da Sul-Americana
01.12.2017
PIB cresce 0,1% no 3º trimestre
01.12.2017
Sobe número de mortes por atropelamento
01.12.2017
Começam as festividades da Maringá Encantada
30.11.2017
Grêmio é Tri na Libertadores
30.11.2017
Natal no Parque do Japão
30.11.2017
Claudia Leitte perde R$ 370 mil para músico
30.11.2017
País tem 12,7 milhões de desempregados
30.11.2017
Maringá registra mais uma vítima fatal no trânsito
30.11.2017
Viagem de férias no Paraná vai ficar mais cara
27.11.2017
Como vamos salvar nossas árvores?
27.11.2017
Massa se despede da F1
27.11.2017
Observatório debate temas da cidade
27.11.2017
Assalto termina com ladrão baleado
27.11.2017
Mercado financeiro reduz projeção da inflação
27.11.2017
Agência do Trabalhador tem 121 vagas de emprego
25.11.2017
Lutador é preso por aceitar propina no UFC
25.11.2017
Mega-Sena vai sortear R$ 60 milhões neste sábado
25.11.2017
Três atropelamentos são registrados em três horas
25.11.2017
Mulheres promovem “Pedalada” contra violência
24.11.2017
Cocamar recebe prêmio Excelência de Gestão
24.11.2017
Flamengo vence de virada
24.11.2017
Terminal Intermodal
24.11.2017
Anatel começa a bloquear celulares piratas em maio de 2018
24.11.2017
Homicídio é registrado no Jardim Ipanema
24.11.2017
Defesa Civil fiscaliza marquises de comércios
23.11.2017
Quem ofereceu a Marchese senhas de acesso?
23.11.2017
O Dia de Doar - Doa Maringá
23.11.2017
Cida Borghetti é homenageada
23.11.2017
Galisteu pode emplacar na Globo
23.11.2017
Temer anuncia liberação de R$ 2 bilhões para os municípios
23.11.2017
Portal Maringá Mais comemora 9 anos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual