Maringá, 18 de Fevereiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
10.01.2018
Militantes lançam Comitê em Maringá
Centenas de integrantes de partidos políticos, movimentos sociais, grupos independentes e outras entidades de classe participam neste sábado (13) do lançamento do Comitê de Defesa da Democracia e pela Candidatura de Lula à presidência da república.

A iniciativa desenvolvida por meio da Frente Brasil Popular terá início às 9 horas na Câmara Municipal de Maringá. Com espaço reservado para debate e deliberação de ideias, o evento pretende unificar a população da região que defende a participação do ex-presidente no pleito deste ano.

O comitê em Maringá será lançado em razão de uma proposição da Frente Brasil Popular nacional para a formação de grupos em cidades referências para todos os estados.

No Paraná, além da Cidade Canção, locais como Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, entre outros municípios, também formalizam o movimento em defesa da democracia e pelo direito de Lula ser candidato, visto a possibilidade de condenação em segunda instância no dia 24 deste mês. Grupos maringaenses contrários ao ex-presidente pretendem protestar no mesmo dia e local.

A Frente Brasil Popular de Maringá realiza a convocação para a reunião de lançamento do Comitê neste sábado através das redes sociais, especialmente o Facebook. No evento oficial, centenas de pessoas demonstraram interesse em participar do ato que possui autorização da Câmara de Vereadores, depois de pedido formal via ofício do vereador Carlos Mariucci (PT). Atos semelhantes ocorrem em aproximadamente 150 municípios de todos os estados do Brasil no que é chamado de “Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia e do Direito de Lula se Candidato”.

A Frente formada por integrantes principalmente do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), além de movimentos como a União Nacional dos Estudantes (Une), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União da Juventude Socialista (UJS) e centrais sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) se manifesta contra uma possível condenação do ex-presidente. Em julho do ano passado, Lula foi condenado na Operação Lava Jato a nove anos e seis meses de prisão no caso do triplex do Guarujá (SP).

No próximo dia 24 ocorre o julgamento de apelação criminal do ex-presidente na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS). Caso confirmada uma nova condenação, há a possibilidade de que a candidatura de Lula, confirmado com pré-candidato à presidência nas eleições de outubro deste ano, seja proibida a partir da inelegibilidade do petista. Apesar da necessidade da execução provisória da pena ser feita após o julgamento de todos os recursos do segundo grau, em dezembro de 2017, todos os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmaram que se a decisão do TRF4 for a de seguir o resultado do julgamento em primeira instância, em Curitiba, Lula não poderá concorrer para mais um mandato.

Comitê em Maringá
De acordo com o vereador e presidente do PT de Maringá, Carlos Mariucci, o objetivo do Comitê na Cidade é o de organizar a população de toda a região que defende a não somente a candidatura de Lula, como também o estado democrático de direito. “Por meio da Frente Brasil Popular se decidiu que todas as cidades com um porte como Maringá ou maior deveriam se organizar para movimentos em defesa da democracia. Todos tem conhecimento de que o [Michel] Temer (MDB) é corrupto e ninguém faz nada. Há também provas contra o Aécio [Neves] (PSDB) e ninguém faz nada. Contra o Lula, que não há provas, ocorre toda esta situação”, explica.

A partir das 9h, no Plenário da Câmara, haverá espaço para a apresentação de ideias e um cronograma de atividades até o dia do julgamento em Porto Alegre. Através da mobilização dos militantes, centenas de pessoas de Maringá, Paiçandu, Sarandi e outras cidades deverão se deslocar até a capital gaúcha no dia 24 para acompanhar próximo ao Tribunal um dos julgamentos mais importantes da história do País. Por meio das redes sociais, senadores como Requião (MDB), Gleisi Hoffmann (PT), deputado federal Enio Verri (PT), entre outras autoridades e representantes divulgaram vídeos de apoio ao grupo em Maringá e outras localidades do Estado.

Possibilidade de confronto
Grupos à direita do espectro político, como o “Patriotas Maringá” e o Movimento Brasil Livre (MBL) realizam a convocação de manifestantes “anti-Lula” para um protesto em frente à Câmara de Vereadores também no sábado por volta das 9 horas. Segundo a página oficial do MBL em Maringá, o ato será realizado principalmente como uma forma de defender o juiz Sérgio Moro, autor da condenação do ex-presidente em primeira instância. “O PT resolveu fazer Maringá de palco para atacar Sérgio Moro e defender Lula. Vamos proteger a imagem de nosso compatriota e de nossa cidade. Junte-se à contramanifestação”, diz a postagem oficial.

Também pelo Facebook, o vereador ligado ao Movimento de orientação liberal no ponto de vista econômico, Homero Marchese (PV), também convocou eleitores e apoiadores a comparecerem no protesto contra a organização do Comitê. Erroneamente, Marchese afirma que os senadores paranaenses estarão presentes no ato. Nos comentários, diversas pessoas confirmaram presença e apoiaram que ovos e tomates sejam arremessados principalmente contra Gleisi, que estará em Porto Alegre neste sábado.

Diante do cenário, a Frente Brasil Popular se reuniu na tarde de ontem (9) para discutir medidas de segurança sobre uma possibilidade de confronto entre os militantes.

“Há uma série de mentiras e desinformações sendo divulgadas pela direita. O que nós vamos fazer no sábado é o lançamento do Comitê. Eles têm total direito de criar um grupo para ser contra o Lula, isto é a democracia. O que não pode, no entanto, é este grupo marcar depois de vários dias um contraprotesto no mesmo local e horário para manifestar contra a gente. Eu respeito e sempre vou respeitar quem pensa diferente, mas isto não é democrático. Eles comparecerem lá é um risco. Isso não é uma praça de guerra. Vamos nos reunir, comunicar o 4º Batalhão de Polícia Militar e ver como fazer para que possíveis confrontos sejam evitados”, explica Mariucci. A comunicação do 4ºBPM informou que a situação será estudada entre hoje e sexta-feira (12).

Procurado para comentar as declarações via internet, o vereador Homero Marchese não foi localizado até o final da tarde dessa terça-feira.

Matheus Gomes
Foto - Reprodução
 
16.02.2018
Ricardo Barros libera R$ 2 milhões para a Santa Casa
16.02.2018
Garota Country 2018
16.02.2018
Palmeiras fica no empate
16.02.2018
Acidente deixa cinco pessoas feridas
16.02.2018
Chineses celebram chegada do Ano 4716
16.02.2018
Obras no Terminal da Morangueira atrasam entrega do corredor
15.02.2018
Pantera Negra estreia nos cinemas
15.02.2018
UEM define datas do PAS e do Vestibular de Verão 2018
15.02.2018
Secretaria de Cultura diz que carnaval de rua foi um sucesso
15.02.2018
Tiroteio em escola da Flórida tem 17 mortes confirmadas
15.02.2018
Fiscalização eletrônica entra em funcionamento
15.02.2018
Trânsito maringaense faz mais uma vítima fatal
14.02.2018
Glória Menezes é internada com infecção respiratória
14.02.2018
Do coma ao pódio em PyeongChang
14.02.2018
Youtuber paranaense é baleada na cabeça e tem morte cerebral
12.02.2018
Corrida do Bem é lançada e as inscrições estão abertas
12.02.2018
Bruna Marquezine vai morar em Paris
12.02.2018
Brasileiro campeão do Big Wave Tour
12.02.2018
Cocamar registra seu maior faturamento
12.02.2018
Brasileiro é detido em apreensão de 541kg de cocaína
11.02.2018
Romero vence Rockhold por nocaute
11.02.2018
Prefeitura fecha 2017 com superavit
11.02.2018
Kim Jong-un convida presidente sul-coreano para reunião
11.02.2018
Carro cai de viaduto após ser fechado por carreta
10.02.2018
Caso confirmado de raiva é registrado na Vila Operária
10.02.2018
Blocos e bandas animam o carnaval de rua em Maringá
10.02.2018
Campanha da Fraternidade
10.02.2018
Validade do cartão do idoso é ampliada
10.02.2018
Carnaval deve movimentar R$ 6 bi e gerar 20 mil empregos
10.02.2018
Trânsito faz mais uma vítima fatal
09.02.2018
Ex-atacante é morador de rua no RJ
09.02.2018
Prazo para pagar IPTU com 8% de desconto
09.02.2018
Comércio varejista fecha 2017 com alta
09.02.2018
Denarc prende casal com munições e drogas
09.02.2018
Operação Carnaval tem início em todo o país
08.02.2018
São Paulo vence mais uma
08.02.2018
Pai de Ben Affleck culpa Hollywood por vício do filho
08.02.2018
Licitação é aberta para contratação de caminhões
08.02.2018
Servidores municipais pedem 10% de reajuste
08.02.2018
Polícia Federal prende o deputado João Rodrigues
08.02.2018
Novos radares começam a operar dia 15
07.02.2018
Vereadores rejeitam proposta de cidade inteligente
07.02.2018
Maringá testa placas de rua iluminadas
07.02.2018
Diretores escolas e CMEIs eleitos tomam posse
07.02.2018
Copom decide hoje se reduz taxa básica de juros
07.02.2018
Tentativa de assalto a carros-fortes deixa mortos e feridos
07.02.2018
Servidores voltam ao trabalho na UEM
06.02.2018
Kits para a Maringá Liquida
06.02.2018
Diretor garante que Neymar fica no PSG
06.02.2018
Programa Bota-Fora continua suspenso
06.02.2018
Para Temer, reforma tem que ser aprovada este mês
06.02.2018
Mulher é atropelada ao atravessar fora da faixa
06.02.2018
Reitor encaminha ofício autorizando pagamento de servidores
05.02.2018
Os atores que também são cantores
05.02.2018
Palmeiras vence o Santos
05.02.2018
Zoonoses orienta população sobre cuidados
05.02.2018
Copom pode reduzir juros básicos
05.02.2018
Jovem é baleado em Maringá
05.02.2018
Mais de 39 mil alunos voltam às aulas
03.02.2018
Alfredo Martin faleceu aos 93 anos
03.02.2018
Reunião discute duplicação de rodovia
03.02.2018
Ajuste no Orçamento de 2018 chega a R$ 16,2 bi
03.02.2018
PC localiza carro que atropelou e matou ciclista
03.02.2018
UEM não assina ofício e 4 mil servidores ficam sem salário de janeiro
02.02.2018
Grid girls protestam após saída da F1
02.02.2018
William Bonner critica hater
02.02.2018
STF proíbe cigarros aromatizados
02.02.2018
Comunidade define proposta de Parque Linear
02.02.2018
Briga termina em assassinato
02.02.2018
Ulisses Maia reforça bom relacionamento com Legislativo
01.02.2018
Ex-NBA morre em acidente
01.02.2018
As celebridades que gostam de comer insetos
01.02.2018
Maringá Liquida 2018
01.02.2018
Procon divulga pesquisa de material escolar
01.02.2018
Legislativo retoma atividades com votação de PLs do Executivo
01.02.2018
Temer diz que reforma da Previdência "não é bicho-papão"
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual