Maringá, 22 de Janeiro de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
10.01.2018
Militantes lançam Comitê em Maringá
Centenas de integrantes de partidos políticos, movimentos sociais, grupos independentes e outras entidades de classe participam neste sábado (13) do lançamento do Comitê de Defesa da Democracia e pela Candidatura de Lula à presidência da república.

A iniciativa desenvolvida por meio da Frente Brasil Popular terá início às 9 horas na Câmara Municipal de Maringá. Com espaço reservado para debate e deliberação de ideias, o evento pretende unificar a população da região que defende a participação do ex-presidente no pleito deste ano.

O comitê em Maringá será lançado em razão de uma proposição da Frente Brasil Popular nacional para a formação de grupos em cidades referências para todos os estados.

No Paraná, além da Cidade Canção, locais como Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, entre outros municípios, também formalizam o movimento em defesa da democracia e pelo direito de Lula ser candidato, visto a possibilidade de condenação em segunda instância no dia 24 deste mês. Grupos maringaenses contrários ao ex-presidente pretendem protestar no mesmo dia e local.

A Frente Brasil Popular de Maringá realiza a convocação para a reunião de lançamento do Comitê neste sábado através das redes sociais, especialmente o Facebook. No evento oficial, centenas de pessoas demonstraram interesse em participar do ato que possui autorização da Câmara de Vereadores, depois de pedido formal via ofício do vereador Carlos Mariucci (PT). Atos semelhantes ocorrem em aproximadamente 150 municípios de todos os estados do Brasil no que é chamado de “Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia e do Direito de Lula se Candidato”.

A Frente formada por integrantes principalmente do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), além de movimentos como a União Nacional dos Estudantes (Une), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União da Juventude Socialista (UJS) e centrais sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) se manifesta contra uma possível condenação do ex-presidente. Em julho do ano passado, Lula foi condenado na Operação Lava Jato a nove anos e seis meses de prisão no caso do triplex do Guarujá (SP).

No próximo dia 24 ocorre o julgamento de apelação criminal do ex-presidente na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS). Caso confirmada uma nova condenação, há a possibilidade de que a candidatura de Lula, confirmado com pré-candidato à presidência nas eleições de outubro deste ano, seja proibida a partir da inelegibilidade do petista. Apesar da necessidade da execução provisória da pena ser feita após o julgamento de todos os recursos do segundo grau, em dezembro de 2017, todos os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmaram que se a decisão do TRF4 for a de seguir o resultado do julgamento em primeira instância, em Curitiba, Lula não poderá concorrer para mais um mandato.

Comitê em Maringá
De acordo com o vereador e presidente do PT de Maringá, Carlos Mariucci, o objetivo do Comitê na Cidade é o de organizar a população de toda a região que defende a não somente a candidatura de Lula, como também o estado democrático de direito. “Por meio da Frente Brasil Popular se decidiu que todas as cidades com um porte como Maringá ou maior deveriam se organizar para movimentos em defesa da democracia. Todos tem conhecimento de que o [Michel] Temer (MDB) é corrupto e ninguém faz nada. Há também provas contra o Aécio [Neves] (PSDB) e ninguém faz nada. Contra o Lula, que não há provas, ocorre toda esta situação”, explica.

A partir das 9h, no Plenário da Câmara, haverá espaço para a apresentação de ideias e um cronograma de atividades até o dia do julgamento em Porto Alegre. Através da mobilização dos militantes, centenas de pessoas de Maringá, Paiçandu, Sarandi e outras cidades deverão se deslocar até a capital gaúcha no dia 24 para acompanhar próximo ao Tribunal um dos julgamentos mais importantes da história do País. Por meio das redes sociais, senadores como Requião (MDB), Gleisi Hoffmann (PT), deputado federal Enio Verri (PT), entre outras autoridades e representantes divulgaram vídeos de apoio ao grupo em Maringá e outras localidades do Estado.

Possibilidade de confronto
Grupos à direita do espectro político, como o “Patriotas Maringá” e o Movimento Brasil Livre (MBL) realizam a convocação de manifestantes “anti-Lula” para um protesto em frente à Câmara de Vereadores também no sábado por volta das 9 horas. Segundo a página oficial do MBL em Maringá, o ato será realizado principalmente como uma forma de defender o juiz Sérgio Moro, autor da condenação do ex-presidente em primeira instância. “O PT resolveu fazer Maringá de palco para atacar Sérgio Moro e defender Lula. Vamos proteger a imagem de nosso compatriota e de nossa cidade. Junte-se à contramanifestação”, diz a postagem oficial.

Também pelo Facebook, o vereador ligado ao Movimento de orientação liberal no ponto de vista econômico, Homero Marchese (PV), também convocou eleitores e apoiadores a comparecerem no protesto contra a organização do Comitê. Erroneamente, Marchese afirma que os senadores paranaenses estarão presentes no ato. Nos comentários, diversas pessoas confirmaram presença e apoiaram que ovos e tomates sejam arremessados principalmente contra Gleisi, que estará em Porto Alegre neste sábado.

Diante do cenário, a Frente Brasil Popular se reuniu na tarde de ontem (9) para discutir medidas de segurança sobre uma possibilidade de confronto entre os militantes.

“Há uma série de mentiras e desinformações sendo divulgadas pela direita. O que nós vamos fazer no sábado é o lançamento do Comitê. Eles têm total direito de criar um grupo para ser contra o Lula, isto é a democracia. O que não pode, no entanto, é este grupo marcar depois de vários dias um contraprotesto no mesmo local e horário para manifestar contra a gente. Eu respeito e sempre vou respeitar quem pensa diferente, mas isto não é democrático. Eles comparecerem lá é um risco. Isso não é uma praça de guerra. Vamos nos reunir, comunicar o 4º Batalhão de Polícia Militar e ver como fazer para que possíveis confrontos sejam evitados”, explica Mariucci. A comunicação do 4ºBPM informou que a situação será estudada entre hoje e sexta-feira (12).

Procurado para comentar as declarações via internet, o vereador Homero Marchese não foi localizado até o final da tarde dessa terça-feira.

Matheus Gomes
Foto - Reprodução
 
21.01.2019
Monsenhor Orivaldo Robles morre aos 78 anos
21.01.2019
Corinthians empata no sufoco
21.01.2019
Licitação para reforma do prédio da Saúde avança
21.01.2019
Quatro pessoas, incluindo um bebê, morrem em acidente
21.01.2019
Para ter uma arma em casa, o gasto mínimo é de R$ 3,7 mil
21.01.2019
Procon notifica escolas sobre lista de materiais
18.01.2019
Nenê vai ser titular no São Paulo
18.01.2019
Confrontos com policiais resultaram em sete mortes em 2018
18.01.2019
Governo anuncia redução de valores em serviços do Detran
18.01.2019
Aumentam denúncias de maus-tratos a animais em Maringá
18.01.2019
IPTU 2019 já rendeu R$ 14,4 milhões
18.01.2019
Terminal Intermodal deve ficar pronto em setembro
17.01.2019
Cyborg admite erros após nocaute
17.01.2019
Governo anula decreto para Hotel Bandeirantes virar museu
17.01.2019
GM atendeu 6 mil ocorrências em 2018
17.01.2019
Mau cheiro em Maringá vem de empresa de fertilizantes, aponta Sema
17.01.2019
Polícia indicia empresário maringaense por feminicídio
16.01.2019
Santos apresenta Soteldo
16.01.2019
Temporal provoca estragos em Maringá
16.01.2019
Brasileiros podem ter até 4 armas de fogo
16.01.2019
Homem é preso ao asfixiar bebê com álcool
15.01.2019
Maringá é destaque em investimentos em educação
15.01.2019
Cursinho UEM está recebendo pré-inscrições
15.01.2019
Ladrões furtam Secretaria do Meio Ambiente
15.01.2019
Restituição do IR começa a pagar hoje R$ 667 milhões
15.01.2019
Idosa morre durante briga entre filho e nora grávida
14.01.2019
Christina Rocha posta foto e impressiona
14.01.2019
Conselho Tutelar será notificado quando aluno faltar a aula
14.01.2019
Prefeitura intima Santa Rita e Hospital do Câncer
14.01.2019
PM apreende entorpecentes, arma e munição
14.01.2019
Ministro italiano agradece a Bolsonaro
14.01.2019
Fevereiro deve ter mutirão de atendimentos especializados
11.01.2019
Alerta contra a dengue
11.01.2019
São Paulo perde para Eintracht
11.01.2019
Parque Estadual em Maringá e Marialva é arquivado
11.01.2019
UEM se manifesta sobre corte de recursos
11.01.2019
PM estoura ponto de tráfico no Conjunto Requião
11.01.2019
Carnês do IPTU continuam sendo entregues em Maringá
10.01.2019
Semob aplicou 914 multas em 2018 por estacionar irregular
10.01.2019
Vagas em creches privadas vão custar R$ 30 milhões
10.01.2019
Governo vai fazer pente-fino no INSS
10.01.2019
Paiçandu registra o primeiro homicídio do ano
10.01.2019
Governo cancela repasse de verbas para obras em Maringá
09.01.2019
Prefeitura deve publicar edital de vagas em creche
09.01.2019
Maringaense será diretor de Igualdade Étnico-racial
09.01.2019
Dívida da Prefeitura com Hospital do Câncer é de R$ 2,6 milhões
09.01.2019
Segurança no Paraná terá integração, planejamento e inteligência
09.01.2019
Quatro pessoas ficam feridas em colisão
08.01.2019
Flamengo quer Bruno Henrique
08.01.2019
Vereador propõe Lei Antivandalismo
08.01.2019
Semob toma medidas para Av. Morangueira
08.01.2019
Maringá Encantada é prorrogada
08.01.2019
Mulher é esfaqueada pela nora
08.01.2019
Prefeitura começa a receber os kits escolares
07.01.2019
Filme sobre Queen vence Globo de Ouro
07.01.2019
Hemocentros precisam de doações na época de férias
07.01.2019
Bolsonaro diz que caixa-preta começou a ser aberta
07.01.2019
Hospital procura família de jovem baleado
05.01.2019
Governo não vai aumentar impostos, afirma Onyx
05.01.2018
4º BPM divulga comparativo entre 2017-2018
05.01.2019
Maringá terá o maior pomar urbano público do Brasil
05.01.2019
Nove presos não retornam após saída temporária
04.01.2019
Boselli confirmado no Corinthians
04.01.2019
Solicitação do passe do estudante já está disponível
04.01.2019
Dólar fecha em queda e Bolsa bate recorde
04.01.2018
Transporte Coletivo em Maringá sem reajuste
03.01.2019
Disney pretende desbancar Netflix
03.01.2019
Schumacher completa 50 anos
03.01.2019
Agência do Trabalhador têm vagas de emprego
03.01.2019
Dólar cai e bolsa bate recorde no primeiro dia do governo Bolsonaro
03.01.2019
Crianças e idoso estão desaparecidos em Maringá
03.01.2019
Prefeitura anuncia abertura de 350 vagas de estágios
02.01.2019
Ministro tomam posse no novo governo
30.12.2018
Aumenta número de microempreendedores em Maringá
30.12.2018
Amanda Nunes vence Cris Cyborg
30.12.2018
Virada de ano em Maringá
30.12.2018
Bandeira tarifária em janeiro será verde
30.12.2018
Prefeito Ulisses Maia avalia os dois primeiros anos de mandato
28.12.2018
Nova ala do HU não tem servidores nem equipamentos
28.12.2018
Feriados atrasam coleta de lixo em Maringá
28.12.2018
Bolsonaro estudar aumentar validade da CNH de 5 para 10 anos
28.12.2018
Prevenção contra dengue e escorpiões deve se intensificar
28.12.2018
Árvore dos desejos é mantida na Catedral
28.12.2018
Morre menino atropelado na véspera de Natal
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual