Maringá, 20 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
23.04.2018
Bahia vence o Santos
O Bahia venceu o Santos por 1 a 0 neste sábado (21), na Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória veio somente no último lance da partida, aos 49 minutos do segundo tempo, marcado por Júnior Brumado, após cobrança de escanteio.

O resultado foi um castigo para o goleiro santista Vanderlei, que teve outra grande atuação e efetuou várias defesas providencias.

Com a derrota, o Santos permaneceu com três pontos na classificação geral do Brasileirão, mesma pontuação alcançada pelo Bahia, que havia perdido na estreia para o Internacional, em Porto Alegre.

O Bahia começou melhor e pressionou o Santos nos primeiros minutos de jogo. Aos 5, Vinícius arriscou de longe e obrigou o goleiro Vanderlei a espalmar para o lado. Foi o primeiro lance de perigo para o time da casa.

Aos 8 minutos, o time baiano quase abriu o placar. O lateral-direito Nino Paraíba invadiu a área e chutou forte, Vanderlei fez uma grande defesa e Edgar Junio pegou o rebote, mas acertou a trave do goleiro santista.

O Santos chegou com perigo pela primeira vez aos 22 minutos em uma tabela entre Rodrygo e Gabigol que terminou com a finalização do jovem atacante de 17 anos e o desvio para escanteio.

O time mandante teve mais uma grande chance aos 26 minutos com Zé Rafael, que chutou para fora após uma jogada que começou com um belo chapéu de Léo no lateral-direito santista Daniel Guedes.

O Bahia teve mais posse de bola durante toda a primeira etapa do jogo, mas desperdiçou muitas oportunidades para sair na frente.

Na etapa final, o panorama do jogo não se alterou. O time tricolor baiano partiu para o ataque e procurou sufocar os santistas.

Já no primeiro minuto, Vanderlei foi obrigado a fazer outra grande intervenção para evitar o gol adversário. Zé Rafael recebeu sem marcação e bateu firme, mas o goleiro santista espalmou para a linha de fundo.

O Santos tentou se desvenciliar do domínio baiano e teve duas boas descidas aos 10 minutos. Na primeira, o meio-campista Alison cabeceou para boa defesa de Douglas Friedrich. Em seguida, Gabigol cruzou da esquerda para Leo Citadini que, também de cabeça, jogou em cima do goleiro.

As investidas parecem ter acordado o time comandado por Jair Ventura, que passou a pressionar os donos da casa e criar várias jogadas de perigo.

Aos 20 minutos, o time paulista desceu em um bom contra-ataque, Gabigol cruzou para Rodrygo, mas o garoto se atrapalhou ao tentar tocar a bola para Eduardo Sasha e a defesa baiana retomou a bola.

Três minutos mais tarde, Jean Mota cobrou falta de longe, a bola ganhou muita velocidade e o goleiro Douglas, com muitas dificuldades, defendeu em dois tempos.

Logo depois, Gabigol teve nova oportunidade, invadiu a área e bateu forte, de perna esquerda, mas a bola desviou na zaga e foi para a linha de fundo.

A partida seguiu no mesmo ritmo até o fim mas, apesar do esforço de ambos os times, o empate parecia ser o resultado final. Porém, no último lance, após uma cobrança de escanteio da esquerda, a bola sobrou na área para o atacante Júnior Brumado — que havia entrado no segundo tempo — vencer o goleiro Vanderlei e dar a vitória ao Bahia.

O Santos voltará a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Estudiantes-ARG, às 21h30, na Vila Belmiro, em jogo válido peal 4ª rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores.

O Bahia terá semana livre e retornará aos gramados no dia 29 de abril, novamente na Fonte Nova, em jogo da terceira rodada do Brasileirão, contra o Atlético Paranaense.

Ficha técnica

BAHIA 1 x 0 SANTOS

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Regis), Zé Rafael (Allione) e Marco Antônio (Junior Brumado); Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

SANTOS - Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison, Léo Cittadini (Diego Pituca) e Jean Mota; Eduardo Sasha (Arthur Gomes), Gabriel e Rodrygo (Bruno Henrique). Técnico: Jair Ventura.

GOL - Junior Brumado, aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - Nino Paraíba, Douglas Friedrich e Régis (Bahia); Léo Cittadini, David Braz e Dodô (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Guto Ferreira (Bahia).

RENDA - R$ 317.748,00.

PÚBLICO - 15.588 pagantes.

LOCAL - Fonte Nova, em Salvador (BA).

Foto - Reproduçao
 
19.08.2018
Celibato clerical
19.0.2018
Mara Maravilha briga com Léo Dias
19.08.2018
Prefeito destaca 89 obras em andamento
19.08.2018
Antiga Estrada Venda 200 será caminho turístico
19.08.2018
Samu ganha ambulância doada por empresário
19.08.2018
Temer convoca reunião para discutir ataque a venezuelanos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual