Maringá, 23 de Março de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
19.06.2018
EXPO IMIN 2018 será realizada pela primeira vez na cidade de Maringá
Em 2018, a Imigração Japonesa no Brasil completa 110 anos, e o Paraná é o segundo Estado com maior número de descendentes japoneses no País. Foi em 18 de junho de 1908 que o navio Kasato Maru atracou em Santos (SP) com os primeiros imigrantes japoneses.

No decorrer da história, nipo-brasileiros têm contribuído para o desenvolvimento do Brasil e conquistado a confiança do povo, fortalecendo as relações amigáveis entre o Brasil e o Japão.

Por este motivo, a Comissão dos Festejos do IMIN 110 no Paraná está preparando a EXPO IMIN 110. O evento é uma grande exposição que contará com apresentações artísticas e culturais, expositores e gastronomia diversificada. A equipe da Turma da Mônica, o Maurício de Souza e o Animeingá já confirmaram presença na EXPO IMIN. Dentre as atrações estão o Campeonato de E-Sportes, concurso de cosplays, videogames com realidade virtual, Maid café, e a presença da cantora Ayu Brazil, dubladora da música da personagem Elsa do filme Frozen, Ayu é a youtuber com mais visualizações em seu nicho.

A EXPO IMIN será realizada de 19 a 22 de julho, no Parque de Exposições de Maringá, com Solenidade de Abertura Oficial no dia 20 de julho e contará com a presença da princesa Mako, representando a Família Imperial, do vice Primeiro Ministro do Japão, Taro Aso, do Embaixador do Japão, Akira Yamada e diversas autoridades brasileiras.

O deputado federal Luiz Nishimori, presidente da Comissão dos Festejos, afirmou sobre a importância de comemorar essa data. “Este é um momento de agradecer a nação brasileira que tão bem recebeu os nossos imigrantes japoneses aqui no Paraná e ao mesmo tempo homenagear os imigrantes japoneses que colaboraram muito com o crescimento e desenvolvimento do Paraná”, afirma.

Nishimori ainda ressalta a intenção das comemorações, “o principal objetivo é transmitir para as futuras gerações todos os ensinamentos e a cultura milenar do Japão”.

Atualmente, o Paraná é o segundo estado brasileiro com maior número de descendentes, fora do Japão, já são mais de 150 mil, em Curitiba e região metropolitana já são 45 mil. O evento será aberto a toda comunidade, de todo o Paraná e do Brasil.

MISSA
A data oficial em que se celebram os 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil é dia 18 de junho, mas devido à vinda da Princesa Mako, as festividades acontecerão em julho.

A Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema) realizará no domingo (17), às 10 horas, no Salão Social, o Ireisai, uma Missa Campal em homenagem aos pioneiros da Imigração Japonesa.

Todo ano é realizado esta Missa na Acema com noveentidades de Maringá.
Entrada livre ao público em geral.

PARQUE DO JAPÃO
Criado em 2006, com o objetivo de homenagear todos os imigrantes que se estabeleceram em Maringá, o Parque do Japão é um verdadeiro símbolo da cultura japonesa e reflete a forte influência dos imigrantes na região.

Independente da sua funcionalidade artística, cultural e esportiva, o grande jardim japonês é um espaço de preservação ambiental e aprimoramento da formação do indivíduo. Possui um modelo de Casa de Chá, tipicamente japonês, Ginásio de Esportes, Teatro, Sala de Eventos e um Jardim Imperial.

O acordo de irmandade entre as cidades Maringá-Brasil e Kakogawa-Japão, assinado em 1973, oportunizou a criação do Parque.

CIDADE IRMÃ
Maringá possui laços de irmandade com a cidade Kakogawa, no Japão, há 45 anos. O objetivo é o fortalecimento do elo de amizade e o incentivo de intercâmbios socioeconômico, educativo e cultural.

Da mesma forma que existe a Avenida Kakogawa em Maringá, há uma avenida que leva o nome do município paranaense na cidade japonesa, com direito, em um dos jardins, a uma réplica da CatedralMetropolitana.

EXPOSIÇÃO
Obras do artista Carlos Kubo farão parte de exposição no Maringá Park em homenagem aos 110 anos da imigração japonesa no Brasil.

Pinturas, giclée e esculturas compõem o acervo, que ficará aberto para visitação de 16 de junho a 1º de julho, na praça de eventos (3º piso).

Kubo é artista há 40 anos. Ele trabalha com temas como gratidão e felicidade, mas exibirá no shopping sua mais nova série, denominada “1000 Tsurus by Kubo”. Os tsurus são pássaros que simbolizam longevidade e felicidade no Japão. Em momentos diversos da vida dos japoneses, como nascimento dos filhos e casamento, origamis (dobraduras em papel) que representam o tsuru decoram os ambientes.

Baseado nessa filosofia, Kubo desenvolveu telas com representações em formas delicadas, transparências e cores vivas. “Fazendo os Tsurus e, principalmente, vivenciando a sua filosofia somos capazes de transformar o mundo”, diz o artista.

O ARTISTA
Filho de Missao Kubo e Wase Kubo, casal que chegou ao Brasil em 1927, e caçula de sete irmãos, Carlos Kubo nasceu em Lins, interior do Estado de São Paulo, em 1949, onde viveu até se mudar com a família para a cidade de São Paulo aos 11 anos. Há cerca de quatro anos vive em Londrina, para aonde se mudou em busca de qualidade de vida.

Mesmo tendo ascendência japonesa, Kubo se considera um típico brasileiro. Seus trabalhos são visivelmente influenciados pelas suas raízes nipônicas e também pela experiência de vida no Brasil. Em suas obras, fica impossível distinguir uma linha divisora entre oriente e ocidente.

Cada vez mais se torna marcante nas obras de Kubo o uso da transparência, do contínuo movimento e das cores. A espátula é um dos principais recursos utilizados por ele atualmente.

Melaine Nabas
Foto - Reprodução
 
22.03.2019
Fusão de Disney e Fox deve resultar em demissões
22.03.2019
Temer fica preso em sala da PF no Rio
22.03.2019
Maringá confirma 10 novos casos de dengue
22.03.2019
Laboratório da UEM realiza inspeções em combustíveis
22.03.2019
Construção da pista de skate na Vila Olímpica é paralisada
22.03.2019
Mulher agride policial ao ser presa
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual