Maringá, 22 de Outubro de 2014
Conceito Estofados COCAMAR
 
Untitled Document
15.08.2010
Empresários investem na criação de cobras venenosas
Na região de Maringá, um novo tipo de investimento começou a chamar a atenção de empresários: a criação de cobras venenosas.

De acordo com o técnico ambiental e especialista em répteis e anfíbios, Daniel Schimidt, na Cidade, há alguns empresários que já entraram com um projeto junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), para iniciar a criação.

A produção de veneno de cobra possui diversas vantagens. “Precisamos diversificar a cultura e quebrar o tabu com relação ao animal. Além do baixo investimento, de R$ 3 mil a R$ 5 mil, há muitos iniciativas ligadas à área da tecnologia e de pesquisas científicas. O veneno está sendo muito utilizado em produtos cosméticos e, principalmente, o veneno da cobra jararaca é usado no tratamento da pressão alta e do câncer”, explicou o técnico ambiental.

O empresário pode começar a criação com cinco ou seis animais que geralmente são adquirido através de doações, por exemplo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Em Maringá, haverá a criação de jararaca por ser um animal de fácil manejo e que pode ser encontrado rastejando por cima da terra, diferentemente da cobra coral que fica debaixo da terra.

A partir dos dois anos de idade, o veneno já poderá ser extraído do animal e a jararaca, por exemplo, pode viver de 20 a 30 anos. Em média, 30 jararacas fornecem uma grama de veneno que é comercializada por R$ 300. A extração é feita mensalmente ou a cada 40 dias.

Na opinião de Schimidt, é necessário as pessoas se organizarem e criem uma associação com alguma universidade que invista em um centro de pesquisa para analisar e fazer a secagem do veneno. “Sem isso, nós não poderemos fazer nada com o veneno se não houver testes que verifiquem a qualidade do que está sendo produzido.”

O autônomo, Marcos Carmona, é um dos empresários da Cidade que investirá na criação de jararacas em uma propriedade próximo do município de Floresta. “Comecei a pesquisar sobre o assunto, optei por investir em um ramo diferenciado que ainda não existe na Cidade e me chamou a atenção pelo baixo investimento. Fiz um curso no mês de maio deste ano, entrei com um projeto no IAP e aguardo a aprovação. Acredito que dentro de oito meses inicio a produção.” O veneno será comercializado em São Paulo e, para o futuro, Carmona já pensa na exportação do veneno.

De acordo com dados da Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (Suderhsa), no Brasil, a cada ano, são registrados 100 mil acidentes com animais peçonhentos. Nesse sentido, o técnico ambiental ministrará um curso sobre manejo e prevenção de acidentes com animais peçonhentos a partir de setembro. O curso é voltado para empresas, associações e sindicatos.

Fabiane Giandotti
Foto: AJP
 
22.10.2014
Rogério Ceni perto do adeus
22.10.2014
TSE suspende trecho de propaganda de Dilma
22.10.2014
FLIM recebe vencedor de Prêmio Jabuti
22.10.2014
Policiais federais fazem paralisação de 72 horas no Paraná
22.10.2014
Habitação explica critérios e promove sorteio de casas
21.10.2014
Caravana Soja Brasil na SRM
21.10.2014
Acusados de adulterar leite são presos no Sul
21.10.2014
Crise no sistema penitenciário provoca motim em Maringá
19.10.2014
Prêmio Jovem Empreendedor
19.10.2014
Mais de 27 mil inscritos no PAS
19.10.2014
Festa Literária de Maringá
19.10.2014
Corinthians vence e ainda sonha
19.10.2014
Inauguração do IML de Maringá continua sem data
19.10.2014
Polícia recaptura foragido do minipresídio
17.10.2014
Goleiro pediu para Santos segurar
17.10.2014
OMS declara fim do surto de ebola no Senegal
17.10.2014
Shopping atacadista lança semana alto verão
17.10.2014
Maringá recebe Feira de Profissões do Senac
16.10.2014
Bom Negócio abre inscrições
16.10.2014
Zé Roberto faz palestra em Maringá
16.10.2014
Sheik detona o Botafogo
16.10.2014
Semusp faz mutirão na cidade
16.10.2014
Ibope: Aécio tem 45% das intenções de voto e Dilma, 43%
16.10.2014
21ª rebelião do ano termina após 48 horas
15.10.2014
Sanepar alerta que bairros podem ficar sem água
15.10.2014
Alvaro Dias visita Maringá
15.10.2014
Luisa Mell discute com ator
15.10.2014
Justiça alemã soltará Breno
15.10.2014
Economia com horário de verão será menor
15.10.2014
Homem morre após queda de marquise em Maringá
14.10.2014
UEM deixou de gastar R$ 2 milhões
14.10.2014
Cemitério Municipal tem prazo para obras, pintura e reforma
14.10.2014
Jô se queima com diretoria
14.10.2014
Giovani diz que apanhou do irmão
14.10.2014
Anvisa aprova 113 pedidos excepcionais de uso de canabidiol
14.10.2014
Presos cavam túnel e fogem da cadeia
Expresso Kaiowa
RICCI SEMINOVOS
Plano Feminino
Martiflex
Binho Importados
Ortoplus
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Centro Comercial Tiradentes
Ofertas Imobiliárias
Rima