Maringá, 20 de Abril de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
15.08.2010
Empresários investem na criação de cobras venenosas
Na região de Maringá, um novo tipo de investimento começou a chamar a atenção de empresários: a criação de cobras venenosas.

De acordo com o técnico ambiental e especialista em répteis e anfíbios, Daniel Schimidt, na Cidade, há alguns empresários que já entraram com um projeto junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), para iniciar a criação.

A produção de veneno de cobra possui diversas vantagens. “Precisamos diversificar a cultura e quebrar o tabu com relação ao animal. Além do baixo investimento, de R$ 3 mil a R$ 5 mil, há muitos iniciativas ligadas à área da tecnologia e de pesquisas científicas. O veneno está sendo muito utilizado em produtos cosméticos e, principalmente, o veneno da cobra jararaca é usado no tratamento da pressão alta e do câncer”, explicou o técnico ambiental.

O empresário pode começar a criação com cinco ou seis animais que geralmente são adquirido através de doações, por exemplo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Em Maringá, haverá a criação de jararaca por ser um animal de fácil manejo e que pode ser encontrado rastejando por cima da terra, diferentemente da cobra coral que fica debaixo da terra.

A partir dos dois anos de idade, o veneno já poderá ser extraído do animal e a jararaca, por exemplo, pode viver de 20 a 30 anos. Em média, 30 jararacas fornecem uma grama de veneno que é comercializada por R$ 300. A extração é feita mensalmente ou a cada 40 dias.

Na opinião de Schimidt, é necessário as pessoas se organizarem e criem uma associação com alguma universidade que invista em um centro de pesquisa para analisar e fazer a secagem do veneno. “Sem isso, nós não poderemos fazer nada com o veneno se não houver testes que verifiquem a qualidade do que está sendo produzido.”

O autônomo, Marcos Carmona, é um dos empresários da Cidade que investirá na criação de jararacas em uma propriedade próximo do município de Floresta. “Comecei a pesquisar sobre o assunto, optei por investir em um ramo diferenciado que ainda não existe na Cidade e me chamou a atenção pelo baixo investimento. Fiz um curso no mês de maio deste ano, entrei com um projeto no IAP e aguardo a aprovação. Acredito que dentro de oito meses inicio a produção.” O veneno será comercializado em São Paulo e, para o futuro, Carmona já pensa na exportação do veneno.

De acordo com dados da Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (Suderhsa), no Brasil, a cada ano, são registrados 100 mil acidentes com animais peçonhentos. Nesse sentido, o técnico ambiental ministrará um curso sobre manejo e prevenção de acidentes com animais peçonhentos a partir de setembro. O curso é voltado para empresas, associações e sindicatos.

Fabiane Giandotti
Foto: AJP
 
19.04.2018
Sônia Abrão critica Tiago Leifert
19.04.2018
Semulher inicia cursos de capacitação
19.04.2018
Corinthians vence na Argentina
19.04.2018
Denarc prende manicure por tráfico de drogas
19.04.2018
Aumenta a pena para motorista embriagado
19.04.2018
Prefeitura renova contrato do vale-alimentação
18.04.2018
Timão encara o Independiente
18.04.2018
Prova Rústica Tiradentes
18.04.2018
Radares geram discussões entre vereadores
18.04.2018
Delegado impede golpe de falso sequestro contra idosa
18.04.2018
Maringá registra R$ 14 mil em multas por maus tratos em animais
18.04.2018
Aécio Neves vira réu em processo
17.04.2018
Palmeiras empata com Botafogo
17.04.2018
Aos 97 anos, morre no Rio a sambista Dona Ivone Lara
17.04.2018
Prefeitura libera remoção de árvores por empresas
17.04.2018
Novo Contorno Sul - Anteprojeto de reformas é finalizado
17.04.2018
Eleição presidencial já tem 16 pré-candidatos oficializados
17.04.2018
Maringaense morre afogado em represa
16.04.2018
Justiça determina matrículas em CMEI’s
16.04.2018
Corinthians vence o Fluminense
16.04.2018
Prefeitura e Instituto estudam revitalização de praças
16.04.2018
Atividade econômica cresce 0,09% em fevereiro
16.04.2018
Mulher morre em colisão contra barranco
16.04.2018
Cidade terá 36 km de ciclovias até dezembro
13.04.2018
Fátima Bernardes surpreende com boa forma
13.04.2018
Supremo nega pedido de habeas corpus de Palocci
13.04.2018
HU alerta sobre cobranças no SUS
13.04.2018
Sigmar Navachi é escolhido secretário de Planejamento
13.04.2018
Colisão mata maringaense em Marialva
13.04.2018
Câmara aprova fim dos contêineres de metal
12.04.2018
Tévez marca, Palmeiras empata e sai vaiado
12.04.2018
Regulação do comércio fica para o dia 19
12.04.2018
META 4 - STF nega recurso do Estado
12.04.2018
Prefeitura acata solicitação de moradores
12.04.2018
Sindicato da PF pede transferência de Lula
12.04.2018
Mulher no comando da PM do Paraná
11.04.2018
J Balvin causa polêmica ao falar de Anitta
11.04.2018
Roma dá aula e goleia o Barça
11.04.2018
João Amoêdo em Maringá
11.04.2018
Avião militar cai na Argélia e deixa mais de 250 mortos
11.04.2018
Agentes evitam fuga da PEM
11.04.2018
Obras do Terminal Intermodal completam um ano
10.04.2018
Novo técnico do PSG não agrada Neymar
10.04.2018
Abril Verde alerta sobre a prevenção de acidentes de trabalho
10.04.2018
Maringá e o Campeonato Secreto
10.04.2018
Temer dá posse hoje a novos ministros
10.04.2018
Câmara vota hoje regulamentação para abertura de mercados
10.04.2018
Homem morre e quatro ficam feridos em acidente
08.04.2018
Corinthians é bicampeão paulista
08.04.2018
A grande final, 19 anos depois
08.04.2018
Datena cai e quebra duas costelas
08.04.2018
Polícia Civil investiga vandalismo na Acim
08.04.2018
Cida anuncia primeiros nomes do secretariado no seu governo
08.04.2018
Primeira noite de Lula na cadeia é tranquila
08.04.2018
Espancamento termina em atropelamento por trem
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual