Maringá, 24 de Novembro de 2014
Conceito Estofados COCAMAR
 
Untitled Document
19.02.2009
Eleitor terá título cancelado
Os eleitores que não participaram e não justificaram o voto nas últimas três eleições terão até o dia 16 de abril para regularizem a situação do título eleitoral. Segundo a chefe do Cartório Eleitoral, Elaine Berbete, para o eleitor ficar com o documento em dia é necessário comparecer ao Fórum Eleitoral de Maringá. “É preciso mostrar o documento de identidade com foto e será feita uma consulta para constatar realmente se o eleitor está em débito com o Fórum Eleitoral.”

Se for confirmada a irregularidade, o sistema vai gerar uma guia de multa. “O eleitor irá pagar R$3,51 por eleição e a guia poderá ser quitada somente nas agências do Banco do Brasil. Após o pagamento, a pessoa deve levar o comprovante ao fórum”, conta Elaine.
Ela ressalta que não são todos os eleitores que se encontram nessa situação, por isso, é importante a verificação, antes de comparecer no fórum. “Não são todas as pessoas que precisam regularizar a situação. Outra maneira de checar o título é pela internet no site (www.tse.gov.br), ir no link ‘sessão de serviços ao eleitor’ e depois clicar em ‘certidão de quitação eleitoral’. O sistema vai pedir algumas informações como o nome do pai e da mãe. Caso não conseguir imprimir a quitação eleitoral, está comprovado que o título está irregular. Dessa forma, é preciso comparecer ao fórum e retirar a guia de multa.”

Elaine explica que após o prazo, dia 16 de abril, o eleitor terá o título cancelado. “Sem o documento, as pessoas não conseguem tirar passaporte, o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), não podem efetuar matrícula na rede pública de ensino e não tomará posse em cargos públicos.”
De acordo com informações do Tribunal Superior Eleitoral, neste ano, Maringá apresentou 234.417 eleitores, deste total, mais de 2 mil estão passíveis de ter o título cancelado.


NOVO
Para fazer um novo título, além de pagar multa, o eleitor precisará levar, até o Fórum Eleitoral, a cópia da carteira de identidade e um comprovante de residência. A chefe alerta para que os eleitores não deixem para a última hora a regularização do documento. A medida serve para evitar que o eleitor venha a enfrentar longas filas.

Os brasileiros que estão vindo do exterior para o Brasil precisam também colocar em dia o título de eleitor. “Para esse caso, a pessoa tem até 30 dias após a chegada no Brasil para regularizar a situação do documento. Senão está sujeito a pagar multa de R$3,51 por eleição.” O eleitor deve levar uma cópia do passaporte das páginas onde constam as datas de saída e a de entrada no Brasil.

Vale lembrar que o Fórum Eleitoral fica na avenida Herval, 968. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, das 12h às 18h. Mais informações podem ser adquiridas pelos telefones: 3226-4212, 3226-1708 ou 3226-5088.

Fabiane Giandotti
Foto: Arquivo JP
 
23.11.2014
Agência do Trabalhador tem vagas
23.11.2014
Protesto pede afastamento definitivo de professor
23.11.2014
Portal Maringá Mais completa 6 anos
23.11.2014
Adriano não venceu o álcool, diz presidente
23.11.2014
Hamilton festeja o bicampeonato
23.11.2014
Homem morre atropelado no Contorno Sul
Expresso Kaiowa
RICCI SEMINOVOS
Plano Feminino
Martiflex
Binho Importados
Ortoplus
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Ofertas Imobiliárias
Rima