Maringá, 15 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
WALTER POPPI
Primeiro a Cozinha, Depois a Copa...
 

"Primeiro temos de arrumar a cozinha, para em seguida pensar na copa”. Este, a princípio seria traçar um paralelo das necessidades do nosso País daqui para a frente. São as manifestações populares atreladas à recém finda Copa das Confederações, competição, aliás, que foi um dos estopins que acendeu o clamor popular, que culminou com os resultados que aí estão. O povo simples, aquele do futebol, nem chega perto dos estádios. Aliás, chega. A pouco mais de mil metros, apenas para protestar, porquê não tem dinheiro para comprar o ingresso. Lá dentro dos estádios, a elite. Platéia, não torcida. Elitizada, de brancos. Foi assim e na Copa será assim. Para que isso não ocorra, temos um ano para arrumar a casa, no caso, a cozinha.
    
As manifestações populares não vão parar, embora o vandalismo dos últimos dias tira o ânimo daqueles que pensam com seriedade.
    
Mesmo assim, avanços ocorreram. À torque de caixa, como jamais visto antes na história deste País, o Congresso Nacional, outra fonte, senão a pior delas, da ira popular, derrubou a PEC-37, transformou corrupção em crime hediondo e as passagens de transporte coletivo não foram reajustadas.

Uma vitória, sem dúvida. Mas tudo está no começo. A idéia de plebiscito, por exemplo, como que a Presidência, não pode ser vista com bons olhos. Reforma política é um assunto complexo, cheio de atalhos e que não pode ser resolvido com respostas tipo: “sim ou não”.
    
Segundo consta, esta pesquisa popular serviria como engôdo, ou seja, uma tentativa de acalmar e desviar a população.
    
Outra questão perigosa seria a desestabilização da Presidente Dilma, para que o ex-presidente Lula ocupe uma vaga na próxima eleição. Seria uma manobra do Partido dos Trabalhadores, que não estaria prestigiado como acha que deveria ser, no Palácio do Planalto.
Bom, isso é lá em Brasília.
    
E como estamos em Maringá? Aqui tivemos passeata, e num fato raro em têrmos nacionais, exigiu-se a instalação da CPI para investigar custos do nosso transporte coletivo.
    
De início já houve confusão, porquê a Prefeitura achou que não tinha nada a ver com a CPI. Mas tem. O transporte público é de sua responsabilidade e ela dá o poder para que uma concessionária execute a tarefa. É assim que funciona. Portanto, a responsabilidade é mútua.
    
O trabalho desta CPI tem tudo para não dar em nada. É assunto tecnicamente complexo e se for encontrado algum problema, êlle não é recente. Surgiu lá atrás, quando da assinatura de novo contrato de concessão. Se o preço já começou caro, as planilhas somente vem se atualizando anualmente de acôrdo com os índices oficiais. Provavelmente teria de começar tudo de novo. Realmente uma tarefa que não é das mais fáceis. Se a CPI conseguir provar que o serviço pode ser melhorado já está de bom tamanho.
    
Enfim, não só Maringá, mas o Brasil em si tem um ano para tentar mudar, como quer a população. Se vai mudar não se sabe. O que se tem certeza, por enquanto, é que o povo acordou. E parece não querer mais dormir...
 
Walter Poppi

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
23.05.2017
Trimestralidade. Não é somente isso
08.05.2017
Maringá nasceu com preconceito de classe?
09.04.2015
Mais vereadores sim
18.09.2013
Mensalão: De volta ao inferno?
11.09.2013
E não é que a UMES existe?
05.09.2013
O nome que nos persegue...
28.08.2013
Futebol: Maringá na Série A e agora?
21.08.2013
Porque mexer com as Apaes?
14.08.2013
Quem vai cuidar das escolas?
07.08.2013
Trimestralidade: Agora ou Nunca!
31.07.2013
Que lições o Papa nos deixou?
23.07.2013
O trem Pé Vermelho vem aí
17.07.2013
Walter Poppi
10.07.2013
Samu pede socorro!
26.06.2013
A voz das ruas
19.06.2013
Circular e vaias
12.06.2013
Aeroporto pisou na bola
05.06.2013


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos