Maringá, 22 de Fevereiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
06.01.2018
Tarifa de ônibus é reajustada para R$ 3,60
Em reunião na tarde de ontem (5) entre o prefeito em exercício, Edson Scabora (PV), e o diretor da Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC), Roberto Jacomelli, empresa e administração chegaram a um acordo parcial sobre o valor do reajuste da passagem de ônibus em Maringá. Após estar congelado por aproximadamente sete meses, o preço da tarifa será de R$ 3,60 após o dia 22 deste mês. Mudança na tabela de preços foi liberada pela Prefeitura após a cobrança de uma série de melhorias no serviço disponibilizado para a população.

Depois de diversas rodadas de negociações entre ambas as partes há quase um ano, desde a posse da nova gestão, nessa sexta-feira, enfim, chegou-se a uma definição momentânea. Em abril do ano passado, durante encontro de Jacomelli e Ulisses Maia (PDT), o prefeito garantiu que não iria autorizar o reajuste da passagem sem uma contrapartida da empresa. Após vários meses de estudos e análises, a TCCC instalou o sistema de internet sem fio em toda a frota e está em fase final de implementação de seis novos ônibus, equipados com ar condicionado, e dentro de 50 dias câmeras estarão instaladas nos veículos.

O aumento de R$ 0,20 reajusta o valor no cartão de R$ 3,40 para R$ 3,60 e no dinheiro de R$ 4 para R$ 4,20. Desde junho o preço foi congelado após solicitação da Prefeitura para que a empresa responsável pelo transporte coletivo de Maringá desenvolvesse um cronograma de modificações principalmente nos ônibus. Também com recomendações de criação de novos pontos de venda do cartão para recarga, opção de pagamento da passagem por outros meios, aumento de linhas em horários de pico e pontos específicos para evitar superlotação, a diretoria da TCCC entregou as propostas no segundo semestre de 2017.

De todos os pedidos feitos pela Prefeitura, apenas a instalação de ar condicionado em todos os ônibus foi argumentado como “impossível” de ser feito em razão da necessidade de alteração nos veículos, fato que aumentaria de forma substancial os custos para o investimento. Apesar da negativa, a TCCC disponibilizou seis novos ônibus, de modelos diferentes e com condicionador de ar de fábrica. Após testes realizados nos últimos meses do ano passado, o sistema wi-fi já está em funcionamento em 100% da frota e novas linhas ajudaram a reduzir o número de passageiros por veículo em horários de grande movimentação, como o começo da manhã e o final da tarde.

Segundo Roberto Jacomelli, a conversa com Scabora foi produtiva e que este reajuste, no momento, foi aceito como uma forma da gestão analisar a situação do transporte coletivo na Cidade. “Para a empresa é melhor aceitar o reajuste parcial. Solicitamos um subsídio por parte da Prefeitura como forma de conseguir uma redução dos custos. O nosso reajuste no ano passado foi de R$ 3,80, o que é um direito da empresa. Com o congelamento, tivemos R$ 4,2 milhões de prejuízos, número este que é reconhecido pela Prefeitura, inclusive. Agora vamos aguardar a possibilidade de subsidiar.”explica.

Referente as modificações, Jacomelli garantiu que se os fornecedores da empresa respeitarem o prazo e tudo for entregue conforme o combinado, as câmeras de segurança devem estar instaladas em todos os veículos até o final de fevereiro. O mesmo prazo foi colocado para o início da circulação dos novos seis ônibus modernos adquiridos pela TCCC. Desta forma, com a data de 28 de fevereiro como o limite, o diretor administrativo acredita que na primeira semana de março a população contará com todos os serviços disponíveis.

De acordo com Scabora, a possibilidade de subsidiar, em questão, se deve a uma mudança estrutural na forma de atuação da Prefeitura perante a empresa de ônibus maringaense. Para reduzir o custo das passagens, a medida defendida se deve ao fim das gratuidades para estudantes, idosos, deficientes, entre outros setores da sociedade, pagos pelo poder público. Com esta alteração, somada a implementação de um sistema de aplicativos para monitoramento do estacionamento rotativo, haverá maior arrecadação por parte da administração, que irá focar em melhorias para o usuário do transporte coletivo.

“Do custo total das passagens de ônibus, 27% é somente para pagar as gratuidades existentes em Maringá. Sem estes benefícios, o preço da passagem poderia cair para R$ 2,85. Ou seja, estas gratuidades são pagas pelo contribuinte geral. Vamos remodelar e introduzir um aplicativo para acompanhar o estacionamento Estar, para ter maior fiscalização. Temos como meta definir estas modificações até maio deste ano. Enquanto isso, o Ulisses retorna no próximo dia 22 e o reajuste para R$ 3,60 só será feito após assinatura dele”, garantiu o prefeito em exercício.

Matheus Gomes
Foto - REP
 
22.02.2018
São Paulo perde para o Ituano
22.02.2018
Globo proíbe Marina Ruy Barbosa no SBT
22.02.2018
Câmara vai gastar mais R$ 120 mil em reforma
22.02.2018
Homem furta e é detido por populares
22.02.2018
31ª edição da Maringá Liquida
22.02.2018
Banco do Brasil tem lucro líquido de R$ 11,1 bilhões em 2017
21.02.2018
Maia sanciona lei do assédio moral
21.02.2018
Semob promove ações para reduzir excesso de velocidade
21.02.2018
Obras no Terminal da Morangueira atrasam
21.02.2018
Senado aprova decreto presidencial de intervenção no RJ
21.02.2018
Denarc de Maringá apreende seis toneladas de maconha
21.02.2018
Onda de violência em Maringá preocupa
20.02.2018
Corinthians empata com RB
20.02.2018
Risco de infestação do mosquito da dengue é alto
20.02.2018
Pagamento do IPTU com 8% de desconto vai até dia 22
20.02.2018
Manifestantes invadem escritório de ministro da Saúde
20.02.2018
Bandidos matam um e ferem duas crianças na Cidade
19.02.2018
Reforma e revitalização da Praça de Patinação
19.02.2018
Comércio de Maringá registrou queda de faturamento
19.02.2018
Ator é vítima de comentários racistas
19.02.2018
Edital para frota de coleta seletiva tem apenas uma empresa
19.02.2018
Detentos do RJ fazem rebelião com reféns
19.02.2018
PM apreende mais de meio milhão de reais e maconha
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual