Maringá, 14 de Dezembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
18.09.2018
Combate às drogas
É muito difícil combater as drogas no Brasil, onde os traficantes e o crime organizado desafiam o policiamento até jocosamente; onde a televisão e a mídia, em boa parte, comandadas por pessoas problemas ditando normas de comportamento; onde religiosos apoiam invasores de propriedades e conflitos sociais; onde as famílias têm que viver cercadas de grades e onde os jovens, vivendo online, em meio à inteligência artificial, copiam grandes mudanças dos costumes e da sexualidade.

Tudo isso é decepcionante e assim, não se pode esperar tantas famílias e pessoas equilibradas. Então as drogas se põem de pronto oferecendo falsas soluções e caminhos nas viagens enganosas.

Erradicar as drogas no Brasil seria mudar a sociedade e as pessoas, isto equivaleria mudar o próprio Brasil, ilusório sonho.

Se isso é impossível, pelo menos é possível reduzir o seu uso, além do trabalho de PREVENÇÃO, também o combate quanto ao Plantio, à Fabricação e ao Tráfico, que é o meu tema de hoje.

COMBATE QUANTO NO PLANTIO
Plantio da cocaína
Embora já tenha sido utilizada como anestésico, hoje não é mais usada na medicina. Os países produtores da coca como o Peru, Bolívia, Colômbia e outros da América e Europa, têm na sua comercialização uma das maiores rendas. São milhares de famílias que cultivam tradicionalmente a coca há centenas de anos e dependem diretamente para sua sobrevivência.

Em países produtores, mormente na Bolívia as folhas de coca são vendidas livremente nas feiras, são contidas numa espécie de saco que chamam de “canastos”. O hábito de mascar as folhas eles chamam de “acullinar” e o bolo de folhas formado na boca chamam de “pijcho”. Assim, tradicionalmente usada oferece conforto ao usuário e não é considerada droga. Há também produtos derivados da coca à venda nos mercados, como exemplo o sachê “Coca Mate” cujo efeito é muito singelo e também não é considerado droga.

Portanto proibir o “acullinar”, a comercialização e o plantio da coca é impossível. Porém, quando transformada em pasta ou pó vem o jogo financeiro com milhões de dólares e os traficantes fazendo a festa.

Plantio da maconha
Embora seja propalada como importante na medicina, seus efeitos ficam muito aquém dos fármacos existentes na terapêutica usual. É produzida hoje em quase todo mundo, seu cultivo é simples e em regiões clandestinas, o que dificulta seu combate. É barata porque não precisa de processo industrial para o uso, vai da planta ao consumidor e é de fácil aquisição.

Sua legalização, insistida por tantos dependentes, estimularia o uso, não traria benefício algum para a sociedade e sim, com seus efeitos maléficos, muitos transtornos.

Plantio da Papoula
Ela produz o ópio e seus derivados que são chamados de opioides e os principais são: Morfina é um analgésico e anestésico potente muito usado nas dores extremas e em cirurgias. Codeína é um analgésico e antitussígeno. Meperidina é também analgésico.

São medicamentos imprescindíveis no meio médico e são fartamente usados diariamente. Por isso os derivados do ópio têm convivência pacífica no meio científico. A Heroína, derivada da morfina, somente é usada como droga.

A papoula é cultivada em quase toda na Ásia, Europa e África. Na Tailândia o cultivo é estimulado pelo governo. O combate ao plantio fica impossível.

COMBATE QUANTO A FABRICAÇÃO
Produtos farmacêuticos, comerciais e bebidas alcoólicas.

A fabricação de fármacos usados como drogas que são os estimulantes, calmantes, analgésicos, inibidores de apetite, está diretamente ligada ao uso médico, de maneira que a sua proibição fica impossível. Também não há como barrar a fabricação de produtos comerciais usados como drogas, como a cola de sapateiro, benzina, solventes, inalantes, sprays, éter. Também, não há como proibir a fabricação das bebidas alcoólicas e cigarros.

O que se deve fazer seria um aumento do controle e uso destes produtos, de maneira dificultar a aquisição.

COMBATE QUANTO AO TRÁFICO
O tráfico, considerando nossa sociedade, fica difícil seu controle, mesmo porque o poder econômico dos traficantes das drogas ilícitas é muito grande, sem falar no conluio com dirigentes nacionais. São detentores de carros, barcos e aviões. Eles são infratores das leis e cabe, unicamente à polícia fazer a contensão. Pra mim são comerciantes ilícitos, eles não obrigam ninguém usar drogas. Usa quem quer.

E os vendedores das drogas lícitas como, a cola de sapateiro, as bebidas alcoólicas e os cigarros são traficantes?

Por tudo que foi explanado a erradicação das drogas é impossível. Sem dúvida o mundo está mudando muito, as pessoas também e as famílias enfraquecendo, o que autoriza afirmar mais uma vez, como tantas vezes já fiz, que o problema das drogas tende aumentar. O comportamento esdrúxulo, quer nos costumes e na sexualidade bem como o uso de drogas, até pouco tempo era combatido, hoje a convivência é pacífica. As escolas cada dia mais tolerantes, as igrejas cheias de idosos e os jovens longe da genuflexão da fé, afirmam um futuro preocupante. É só esperar e ver.

Mais informações vejam no meu livro “DROGAS Perguntas e Respostas”

Maringá 2018
João Batista Leonardo
 
11.12.2018
Vestibular da UEM tem 2.046 desistentes
11.12.2018
MP aciona Detran para regularização de exames psicológicos
11.12.2018
Segurança terá orçamento de R$ 18 milhões
11.12.2018
Jovem é assassinado a golpes de facão
11.12.2018
Lojas de Maringá ficam abertas até às 22 horas
08.12.2018
Carille é o novo treinador do Corinthians
08.12.2018
DJ Alok volta à Expoingá
08.12.2018
Secretaria de Saúde aplicou mais de 435 mil doses de vacinas
08.12.2018
Celulares irregulares serão bloqueados a partir de hoje em 10 estados
08.12.2018
PCC articula rebeliões em série no País
08.12.2018
Projeto de prevenção às drogas completa 10 anos em Maringá
06.12.2018
Crack, a cocaína em cristais
06.12.2018
MP pede que Uber tenha CPF de passageiros no aplicativo
06.12.2018
Atlético-PR empata na Colômbia
06.12.2018
Mario Hossokawa é reeleito presidente da Câmara
06.12.2018
Comerciantes de Maringá estão animados para o Natal
06.12.2018
Supermaconha apreendida viria para Maringá
04.12.2018
SRM anuncia primeiro show da Expoingá 2019
04.12.2018
Turma do STF julga habeas corpus de Lula
04.12.2018
Vagas de emprego e temporários crescem em Maringá
04.12.2018
Procon de Maringá inicia Semana de Conciliação
04.12.2018
Deficientes cobram melhorias na Avenida Brasil
04.12.2018
Estruturas da Maringá Encantada são alvos de vandalismo
03.12.2018
Palmeiras e torcida vibram com o título
03.12.2018
Bolsonaro critica forma como europeus defendem meio ambiente
03.12.2018
Mulheres de Maringá terão ‘Botão do Pânico’
03.12.2018
Atirador executa homem no Conjunto Santa Felicidade
01.12.2018
Dos Anjos perde para Usman
01.12.2018
Maringá vence ranking de gestão municipal
01.12.2018
Ex-presidente dos EUA George H.W. Bush morre aos 94 anos
01.12.2018
Polícia procura assassino do córrego
01.12.2018
Mortes em decorrência do HIV/AIDS caem 30% em Maringá
30.11.2018
Saúde orienta para vacinação contra febre amarela
30.11.2018
STF suspende julgamento sobre indulto natalino
30.11.2018
Dupla executa homem no Jardim Alvorada
30.11.2018
Fiscalização por videomonitoramento é testada em Maringá
29.11.2018
Reciclagem em Maringá precisa se estruturar
29.11.2018
Primeiro ônibus elétrico chega a Maringá
29.11.2018
Preso no Rio, o governador Pezão
29.11.2018
Corpo de homem é encontrado em riacho
29.11.2018
Cidade registrou mais de 150 mil multas por radar
29.11.2018
Eleição do novo presidente da Câmara esquenta discussões
28.11.2018
Danilo Gentili perde ação por danos morais
28.11.2018
O anjo Gabriel
28.11.2018
Governadora entrega veículos às polícias Civil e Militar
28.11.2018
Casal é preso com crack e munições
28.11.2018
27% dos Maringaenses devem pagar dívidas com o 13º Salário
27.11.2018
Carille insatisfeito na Arábia
27.11.2018
Banco Central leiloará US$ 2 bilhões para conter alta do dólar
27.11.2018
Serviço Aeromédico completa dois anos em Maringá
27.11.2018
GM inicia capacitação para utilizar armas de fogo
27.11.2018
Mata namorado da mãe e morre em confronto com PM
27.11.2018
Evento incentiva empreendedorismo em Maringá
26.11.2018
Amusep estreita relacionamento com deputados eleitos e reeleitos
26.11.2018
Palmeiras é campeão brasileiro 2018
26.11.2018
Campanha de combate à Dengue
26.11.2018
Mais de 96% das vagas do Mais Médicos foram preenchidas
26.11.2018
Acidente causa duas mortes na BR-376
26.11.2018
Prefeitura suspende cobrança de IPTU Progressivo
23.11.2018
Amusep promove reunião
23.11.2018
Mais de 40 bairros de Maringá ficam sem água
23.11.2018
Prédio da Saúde em Maringá será reformado
23.11.2018
Inscrições para o Mais Médicos são prorrogadas
23.11.2018
Operação prende suspeitos de pedofilia no Paraná
23.11.2018
Maringá se destaca na geração de emprego
22.11.2018
Flamengo vence e ainda sonha
22.11.2018
Palmeiras vence, mas adia título
22.11.2018
Secretarias de Maringá terão novos diretores
22.11.2018
Cidades da 15ª Regional de Saúde perdem 23 médicos cubanos
22.11.2018
STF adia decisão sobre decreto de indulto natalino
22.11.2018
Policiais prendem quadrilha que assaltava ônibus
21.11.2018
Palmeiras pode ser campeão antecipado
21.11.2018
Projeto da pista emborrachada do Parque do Ingá
21.11.2018
Falando sobre Aids
21.11.2018
Idoso desaparecido é encontrado morto
21.11.2018
Moro anuncia delegados paranaenses para PF e DRCI
21.11.2018
Começa a Festa Literária Internacional de Maringá
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual