Maringá, 16 de Fevereiro de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
18.09.2018
Combate às drogas
É muito difícil combater as drogas no Brasil, onde os traficantes e o crime organizado desafiam o policiamento até jocosamente; onde a televisão e a mídia, em boa parte, comandadas por pessoas problemas ditando normas de comportamento; onde religiosos apoiam invasores de propriedades e conflitos sociais; onde as famílias têm que viver cercadas de grades e onde os jovens, vivendo online, em meio à inteligência artificial, copiam grandes mudanças dos costumes e da sexualidade.

Tudo isso é decepcionante e assim, não se pode esperar tantas famílias e pessoas equilibradas. Então as drogas se põem de pronto oferecendo falsas soluções e caminhos nas viagens enganosas.

Erradicar as drogas no Brasil seria mudar a sociedade e as pessoas, isto equivaleria mudar o próprio Brasil, ilusório sonho.

Se isso é impossível, pelo menos é possível reduzir o seu uso, além do trabalho de PREVENÇÃO, também o combate quanto ao Plantio, à Fabricação e ao Tráfico, que é o meu tema de hoje.

COMBATE QUANTO NO PLANTIO
Plantio da cocaína
Embora já tenha sido utilizada como anestésico, hoje não é mais usada na medicina. Os países produtores da coca como o Peru, Bolívia, Colômbia e outros da América e Europa, têm na sua comercialização uma das maiores rendas. São milhares de famílias que cultivam tradicionalmente a coca há centenas de anos e dependem diretamente para sua sobrevivência.

Em países produtores, mormente na Bolívia as folhas de coca são vendidas livremente nas feiras, são contidas numa espécie de saco que chamam de “canastos”. O hábito de mascar as folhas eles chamam de “acullinar” e o bolo de folhas formado na boca chamam de “pijcho”. Assim, tradicionalmente usada oferece conforto ao usuário e não é considerada droga. Há também produtos derivados da coca à venda nos mercados, como exemplo o sachê “Coca Mate” cujo efeito é muito singelo e também não é considerado droga.

Portanto proibir o “acullinar”, a comercialização e o plantio da coca é impossível. Porém, quando transformada em pasta ou pó vem o jogo financeiro com milhões de dólares e os traficantes fazendo a festa.

Plantio da maconha
Embora seja propalada como importante na medicina, seus efeitos ficam muito aquém dos fármacos existentes na terapêutica usual. É produzida hoje em quase todo mundo, seu cultivo é simples e em regiões clandestinas, o que dificulta seu combate. É barata porque não precisa de processo industrial para o uso, vai da planta ao consumidor e é de fácil aquisição.

Sua legalização, insistida por tantos dependentes, estimularia o uso, não traria benefício algum para a sociedade e sim, com seus efeitos maléficos, muitos transtornos.

Plantio da Papoula
Ela produz o ópio e seus derivados que são chamados de opioides e os principais são: Morfina é um analgésico e anestésico potente muito usado nas dores extremas e em cirurgias. Codeína é um analgésico e antitussígeno. Meperidina é também analgésico.

São medicamentos imprescindíveis no meio médico e são fartamente usados diariamente. Por isso os derivados do ópio têm convivência pacífica no meio científico. A Heroína, derivada da morfina, somente é usada como droga.

A papoula é cultivada em quase toda na Ásia, Europa e África. Na Tailândia o cultivo é estimulado pelo governo. O combate ao plantio fica impossível.

COMBATE QUANTO A FABRICAÇÃO
Produtos farmacêuticos, comerciais e bebidas alcoólicas.

A fabricação de fármacos usados como drogas que são os estimulantes, calmantes, analgésicos, inibidores de apetite, está diretamente ligada ao uso médico, de maneira que a sua proibição fica impossível. Também não há como barrar a fabricação de produtos comerciais usados como drogas, como a cola de sapateiro, benzina, solventes, inalantes, sprays, éter. Também, não há como proibir a fabricação das bebidas alcoólicas e cigarros.

O que se deve fazer seria um aumento do controle e uso destes produtos, de maneira dificultar a aquisição.

COMBATE QUANTO AO TRÁFICO
O tráfico, considerando nossa sociedade, fica difícil seu controle, mesmo porque o poder econômico dos traficantes das drogas ilícitas é muito grande, sem falar no conluio com dirigentes nacionais. São detentores de carros, barcos e aviões. Eles são infratores das leis e cabe, unicamente à polícia fazer a contensão. Pra mim são comerciantes ilícitos, eles não obrigam ninguém usar drogas. Usa quem quer.

E os vendedores das drogas lícitas como, a cola de sapateiro, as bebidas alcoólicas e os cigarros são traficantes?

Por tudo que foi explanado a erradicação das drogas é impossível. Sem dúvida o mundo está mudando muito, as pessoas também e as famílias enfraquecendo, o que autoriza afirmar mais uma vez, como tantas vezes já fiz, que o problema das drogas tende aumentar. O comportamento esdrúxulo, quer nos costumes e na sexualidade bem como o uso de drogas, até pouco tempo era combatido, hoje a convivência é pacífica. As escolas cada dia mais tolerantes, as igrejas cheias de idosos e os jovens longe da genuflexão da fé, afirmam um futuro preocupante. É só esperar e ver.

Mais informações vejam no meu livro “DROGAS Perguntas e Respostas”

Maringá 2018
João Batista Leonardo
 
15.02.2019
Gustagol salva Corinthians
15.02.2019
Alabari Alves é o novo secretário de Obras Públicas
15.02.2019
Carnaval será no Novo Centro
15.02.2019
Atividade econômica cresce 1,15% em 2018
15.02.2019
PM desmonta quadrilha suspeita de roubar e remarcar chassi de carros
15.02.2019
Vereadores aprovam nova multa para maus tratos de animais
14.02.2019
Banco de Leite de Maringá precisa de doadoras
14.02.2019
São Paulo eliminado da pré-Libertadores
14.02.2019
Maringá terá Cejusc na área do consumidor
14.02.2019
Último dia de matrícula do ProUni
14.02.2019
Polícia deflagra “Operação Persistência” e prende traficantes
14.02.2019
Procon inicia fiscalização em postos de combustíveis
13.02.2019
São Paulo tem que vencer
13.02.2019
Patrocínios da Petrobras estão sob revisão, diz Bolsonaro
13.02.2019
Aeroporto deve atrair empresas e mais voos
13.02.2019
Promotoria abre inquérito da Lei Sopa de Letrinhas
13.02.2019
Carro suspeito em garagem de prédio era “cabrito”
13.02.2019
Infestação da Dengue em Maringá é de alto risco
12.02.2019
Aeroporto de Maringá abre concurso
12.02.2019
Saúde investiga suposta morte por meningite
12.02.2019
Guaidó convoca manifestação em favor de ajuda humanitária
12.02.2019
Hospital do Câncer precisa de doações de sangue
12.02.2019
Francês Press
12.02.2019
Ricardo Boechat é velado no MIS
11.02.2019
Caminhe na direção da felicidade
11.02.2019
Projeto de Lei proíbe canudos plásticos em Maringá
11.02.2019
Corinthians perde mais uma
11.02.2019
Bolsonaro destaca ações dos primeiros dias de governo
11.02.2019
Denarc não dá trégua ao tráfico
11.02.2019
Vacina antirrábica começa a ser distribuída em Maringá
09.02.2019
Trump e Kim Jong-un reúnem-se no fim do mês
09.02.2019
Coluna do Verde
09.02.2019
IPTU com 7% de desconto só até segunda-feira
09.02.2019
Poucos alunos solicitaram Passe Livre para 2019
09.02.2019
Mãe exige que filho limpe as pichações que fez
09.02.2019
Prefeitos da Amusep definem prioridades para 2019
08.02.2019
Coluna do Verde
08.02.2019
HU é pioneiro e referência estadual em nutrição parenteral
08.02.2019
Receita abre consulta a lote da malha fina do IR
08.02.2019
Tragédia no Flamengo
08.02.2019
Polícia aperta o cerco contra assalto a ônibus
08.02.2019
Vereadores denunciam situação de escola municipal
07.02.2019
Cine Teatro Plaza deve ser desapropriado
07.02.2019
São Paulo perde para Talleres
07.02.2019
Erasmo Carlos aprova seu filme "Minha Fama de Mau"
07.02.2019
Coleta seletiva distribui sacolas
07.02.2019
Polícia prende dois suspeitos da morte do empresário do setor de vigilância
07.02.2019
Obras no Contorno Sul devem começar imediatamente
06.02.2019
Governo projeta economia de R$ 1 trilhão com reforma
06.02.2019
Oito creches se credenciam para vagas temporárias
06.02.2019
Ratinho Júnior em Maringá
06.02.2019
Novo delegado toma posse em Maringá
06.02.2019
Homem foge com carro de concessionária
06.02.2019
Prefeitura vai distribuir 50 botões do pânico em Maringá
05.02.2019
Francês Press
05.02.2019
Procon notifica abatedouro com multa de R$ 1 milhão
05.02.2019
Barroso envia denúncia contra Temer para primeira instância
05.02.2019
Homem mata mulher grávida de 4 meses
05.02.2019
Guarda Municipal em nova sede
05.02.2019
Alunos da rede municipal iniciam ano letivo na quinta-feira
04.02.2019
Santos é goleado pelo Ituano
04.02.2019
Fiscalização de mau cheiro continua
04.02.2019
Sema alerta sobre venda irregular de animais
04.02.2019
Mensagem de Bolsonaro para o legislativo
04.02.2019
Briga entre mulheres termina com homem baleado
04.02.2019
Primeiros reparos no Contorno Sul devem começar este mês
01.02.2019
Cerimônia de posse de deputados começa na Câmara
01.02.2019
São Paulo ainda não se encontrou
01.02.2019
Terminal Intermodal tem 98% do mezanino instalado
01.02.2019
PM apreende drogas e cumpre mandado de prisão
01.02.2019
Câmara retoma atividades nesta sexta-feira
31.01.2019
Corinthians perde para o RB Brasil
31.01.2019
Petrobras vende Pasadena e país perde quase R$ 2 bi
31.01.2019
Jovem que esfaqueou homem disse ter agido em legítima defesa
31.01.2019
Vacina contra febre amarela é permanente em Maringá
31.01.2019
UEM divulga resultado do Vestibular e PAS
31.01.2019
Sema registra reclamação de mau cheiro na área central
30.01.2019
Coluna do Verde
30.01.2019
Área do antigo Kairós vai virar centro de educação ambiental
30.01.2019
Containers do Hospital da Criança seguem fechados
30.01.2019
Primo de Beto Richa tinha importante papel no esquema de corrupção
30.01.2019
Homem esfaqueia irmão em Maringá
30.01.2019
Empresários de Maringá recuperam confiança
29.01.2019
MPF denuncia Beto Richa por corrupção nos contratos de concessão de pedágio
29.01.2019
Suspeito de tentativa de homicídio é identificado
29.01.2019
Revitalização da praça Rocha Pombo
29.01.2019
Maringá registra primeiros casos de dengue em 2019
29.01.2019
UEM divulga resultado do vestibular
29.01.2019
Festa de Carnaval na Zona 10 é cancelada em Maringá
28.01.2019
Coluna do Verde
28.01.2019
Prefeitura investe em ciclovias para o município
28.01.2019
Maringaense será assessor especial em Brasília
28.01.2019
Semusp deve mudar modelo de lixeiras no centro de Maringá
28.01.2019
Beto Richa é preso por corrupção
28.01.2019
Número de mortos em Brumadinho chega a 58
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual